Ele levou um carrinho de Fagner e já está há dois meses sem jogar pelo Fla

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Ederson sofreu uma lesão óssea no joelho esquerdo por conta do carrinho de Fagner

    Ederson sofreu uma lesão óssea no joelho esquerdo por conta do carrinho de Fagner

A dura entrada do lateral direito Fagner na partida entre Corinthians e Flamengo, dia 3 de julho, ainda traz transtornos para Ederson. Dois meses após o violento lance, que lhe rendeu uma lesão óssea no joelho esquerdo, o meia ainda segue sem previsão de retorno aos gramados.

O jogador tem encarado uma dura rotina de fisioterapia e musculação sob recomendação do departamento médico rubro-negro.

Ederson sofreu a lesão quando atravessava seu momento de maior regularidade pelo clube e estava atuando como titular. Após o episódio, o técnico Zé Ricardo tem escalado Éverton no lugar.

Zé Ricardo, aliás, foi expulso pelo árbitro Héber Roberto Lopes na partida por ter reclamado da entrada de Fagner. Apesar do carrinho, o corintiano não recebeu o cartão vermelho.

Mês passado, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou Fagner e Héber. O lateral foi enquadrado no artigo 254 (praticar jogada violenta) e pegou um jogo de suspensão. Já o árbitro levou um gancho de 20 dias.

Embora o Flamengo não estipule uma data, a expectativa é a de que Ederson retorne aos gramados no fim de setembro. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos