Corintianos exaltam "toques" de Cristóvão no intervalo e estreia de Gustavo

Do UOL, em São Paulo

Rodriguinho e Marlone, heróis do Corinthians na vitória por 3 a 0 sobre o Sport em São Paulo, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, deixaram o gramado da Arena, nesta quinta-feira (8), elogiando as orientações dadas pelo treinador Cristóvão Borges no intervalo do confronto - até a ida para os vestiários, o placar marcava 0 a 0 e o time visitante era o melhor em campo. 

"Ele não deu uma bronca", disse Rodriguinho, "foi mais uma orientação. Acertou nosso posicionamento e a gente conseguiu impor um ritmo bem melhor. Conseguimos o resultado, fomos felizes", avaliou, em entrevista ao Premiere. "Acho que a gente estava errando muito no último terço, eu mesmo cometi erros bobos. Cristóvão nos deu alguns toques", acrescentou Marlone. 

Além das orientações de Cristóvão, uma mudança do comandante foi decisiva: o Corinthians voltou ao gramado para a metade final sem Cristian, volante, e com Gustavo, centroavante, em seu lugar. A ousadia do técnico deu certo. 

"A entrada do Gustavo ajudou muito por segurar bola no campo de ataque", destacou Marlone. No lance do primeiro gol, no minuto inicial do segundo tempo, Cássio deu chutão para a frente e "Gustagol" brigou pela bola, que sobrou para Marlone criar a jogada do tento de Rodriguinho. A imposição ofensiva do alvinegro seguiu dando resultado: aos 8 minutos, Léo Príncipe ampliou a vantagem e Vilson, aos 16, fechou a conta. 

Com o resultado, o Corinthians chegou aos 40 pontos e se manteve na quarta colocação, a seis pontos do líder, o Palmeiras. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos