Grêmio adota silêncio em retorno a Porto Alegre após goleada

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Pouco antes das 19h desta quinta-feira (08), a delegação do Grêmio retornou a Porto Alegre depois de levar 4 a 0 do Coritiba na noite anterior, no Paraná. Sem qualquer protesto ou presença de torcedores, o elenco preferiu silêncio ao ser abordado pelos jornalistas presentes. 

Ninguém falou. O volante Walace chegou a pensar em conceder entrevista, mas em seguida se desculpou e preferiu encaminhar-se com os demais ao ônibus que já esperava do lado de fora do Terminal 2 do Aeroporto Salgado Filho. Em fila e caminhando rápido, os atletas se negaram a falar sobre a queda diante do Coxa. 

A conduta altera um fato corriqueiro nas chegadas do time. Sempre há disponibilidade dos atletas em concederem entrevista. É liberado pela assessoria de imprensa que qualquer um fale. Cerca de 20 profissionais da imprensa estavam presentes. 

Tudo por causa da partida ruim diante do Coritiba. O Grêmio levou quatro gols ainda no primeiro tempo e deixou o campo abalado com a goleada. Na sexta-feira, o presidente Romildo Bolzan Júnior irá se reunir com o grupo para tentar remobilização imediata. 

Até porque no domingo há o confronto com o líder Palmeiras. O jogo ocorre às 18h30 (horário de Brasília), na Arena. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos