Lucas Lima é expulso, Inter vira sobre Santos e encerra jejum no Brasileiro

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Depois de 14 jogos, o Internacional voltou a vencer no Brasileirão. Nesta quinta-feira (08), o Santos saiu na frente, mas perdeu Lucas Lima expulso ainda no primeiro tempo. Não teve forças para conter o Colorado, que virou e encerrou o maior jejum de sua história no nacional ao fazer 2 a 1. 

A última vitória pelo torneio havia sido em 16 de junho, contra o Atlético-MG. Desde lá, 14 partidas sem uma vitória sequer. Pela Copa do Brasil, na última semana, o Fortaleza tinha sido batido, mas no nacional o jejum se encerrou apenas agora. 
 
De quebra, o Colorado deixou a zona de rebaixamento. Com 27 pontos, subiu três posições. Enquanto o Santos marca passo, fica em 5º e quatro pontos atrás do G-4, com 36. 
 
Geferson deu um susto na torcida do Inter no começo do jogo. Errou um passe simples e 'deu' o gol para Ricardo Oliveira. Ainda na etapa inicial Seijas empatou e Lucas Lima foi expulso após retardar uma batida de escanteio. O vermelho irritou o técnico Dorival Júnior, que protestou contra a arbitragem. Na etapa final, o time paulista tratou de se defender, mas o Colorado conseguiu furar o bloqueio com gol de peito, de Aylon. 
 

Aylon decide com gol de peito

O centroavante Aylon compareceu no placar de novo. Depois de marcar dois contra o Fortaleza pela Copa do Brasil, o comandante de frente fez de peito o gol que virou o jogo. No fim, ainda tirou um gol do Santos de cima da linha. 

Geferson erra e entrega primeiro gol do Santos

Geferson buscava se firmar como titular do Internacional. Mas aos 27 da etapa inicial recebeu a bola no lado esquerdo defensivo e foi tentar um passe para o meio. Deu no pé de Ricardo Oliveira, que abriu o placar para o Santos. 
 

Discreto em volta da seleção, Lucas Lima é expulso e chora

Lucas Lima foi expulso ainda no primeiro tempo ao receber o segundo cartão amarelo. E nenhum dos dois foi por conta de faltas cometidas. Ambos por retardar cobranças de bola parada. A primeira em uma falta, a segunda em um escanteio. Quando recebeu o vermelho viu o técnico Dorival Júnior e os reservas quase invadirem o gramado reclamando. Nos 43 minutos que esteve em campo, apareceu pouco e foi bem marcado. No banco de reservas após o cartão vermelho, não conseguiu conter as lágrimas. 
 

Inter marca pressão e falha atrás

O Internacional precisava da vitória. E isso ficou claro na conduta do time desde o primeiro minuto de jogo. Marcando pressão no campo do adversário, o Colorado surpreendeu  adversário e conseguiu, na maior parte do tempo, isolar Lucas Lima. Teve, contudo, poucas chances de gol. Saiu atrás, mas empatou com Seijas ainda no primeiro tempo. No começo da etapa final, com um jogador a mais, o Colorado foi só pressão e chegou a virada com Aylon. De peito, o atacante marcou. Em seguida, o Santos tentou jogar, o Inter se segurou e conseguiu o resultado. 
 

Surpreso, Santos perde Lucas Lima e se fecha

O Santos não esperava a marcação pressão do Internacional. Tentou sair jogando, perdeu várias vezes a bola em local perigoso no gramado. Demorou para encontrar Lucas Lima e criar jogadas mais eficientes. Teve apenas uma chance de gol, em cobrança de falta, até os 20 de jogo. Mas contou com uma falha do lateral esquerdo Geferson para abrir o placar aos 27, com Ricardo Oliveira. Sofreu, ainda na etapa inicial, o empate e perdeu Lucas Lima ao fim do primeiro tempo. Na etapa final abriu totalmente mão do jogo, postou-se defensivamente com apenas Ricardo Oliveira na frente e mostrou-se satisfeito com o empate. Não deu certo. A virada veio e determinou o resultado. 
 

Celso Roth usa malandragem para evitar expulsão de Anselmo

Roth foi experiente. Ao ver que seu volante, Anselmo, já tinha cartão amarelo e poderia facilmente ter sido expulso ao cometer uma falta em Lucas Lima aos 36 do primeiro tempo, o treinador tratou de sacá-lo no intervalo. Ainda mais que o meia santista havia acabado de ser expulso e qualquer falta cometida por Anselmo geraria muita reclamação. 

Dorival tem momentos de fúria no reservado

Dorival Júnior viveu momentos tensos na área técnica do Santos. O treinador reclamou muito a cada lance, principalmente em uma falta cometida por Anselmo, do Inter, que já tinha amarelo. Não levou o vermelho. Em seguida, na expulsão de Lucas Lima por retardar uma cobrança de escanteio, ele quase invadiu o campo, cobrou muito do quarto árbitro. Ao fim do primeiro tempo, o ápice foi entrar no gramado e tirar satisfações do juiz. 
 

Troca com menos de um minuto

Com poucos segundo de jogo, a primeira troca de passes do Santos acabou em um choque de cabeça entre os zagueiros Paulão e Ernando. O primeiro levou a pior com a batida forte e teve um corte na boca. Caiu no gramado e não conseguiu erguer-se mais. Precisou ser substituído por Eduardo.
 
Opinião do blogueiro: Juca Kfouri comenta o jogo 
 
Blogueiro do UOL Esporte, Juca Kfouri destacou "medida excessiva" do juiz na expulsão de Lucas Lima: "Medida excessiva, sem dúvida, que tira o jogador do clássico contra o Corinthians, no domingo, na Vila Belmiro. Imagine o que dirão os santistas…". Confira aqui a análise completa
 
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 X 1 SANTOS
 
Data: 08/09/2016 (quinta-feira)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo
Auxiliares: Daniel Henrique da Silva Andrade e José Reinaldo Nascimento Júnior 
Renda: R$ 763.100,00
Público: 34.075
Cartões amarelos:  Anselmo (INT), Eduardo Henrique (INT), Seijas (INT); Lucas Lima (SAN), Victor Ferraz (SAN), Ricardo Oliveira (SAN); 
Cartão vermelho: Lucas Lima (SAN) 
Gols: Ricardo Oliveira, do Santos, aos 27 minutos do primeiro tempo; Seijas, do Inter, aos 42 do primeiro tempo; Aylon, do Inter, aos 16 minutos do segundo tempo; 
 
INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Paulão (Eduardo), Ernando e Geferson; Anselmo (Eduardo Henrique), Fabinho, Seijas e Valdívia (Alex); Nico López e Aylon.
Técnico: Celso Roth
 
SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz (Rodrigão), Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Zeca; Renato, Léo Cittadini (Jean Mota) e Lucas Lima; Vitor Bueno (Walterson), Copete e Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Júnior
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos