Palmeiras, enfim, abraça canto do "time da virada" na Era Cuca

José Edgar de Matos e Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

'Palmeiras é o time da virada, o Palmeiras é o time do amor'. O famoso canto, tradicional não apenas para palmeirenses no Allianz Parque, enfim atingiu o elenco comandado por Cuca neste Campeonato Brasileiro. Foi a primeira vez no Campeonato Brasileiro e na era Cuca em 2016 que a equipe consegue uma virada clássica: conseguir vencer um jogo em que saiu perdendo. 
 
O resultado positivo de 2 a 1 sobre o São Paulo, na última quarta-feira, na moderna arena alviverde, foi o primeiro do Palmeiras após levar o primeiro gol do jogo. Nenhuma vitória até então tinha sido por virada. O atacante são-paulino Chávez abriu o placar aos 2min da etapa final, mas Yerry Mina (10min) e Vitor Hugo (25min) concretizaram a primeira virada palmeirense no Brasileiro; justamente minutos depois de o cântico ser entoado pelas mais de 39 mil pessoas presentes no estádio.

Apesar de pela primeira vez ter vencido um jogo pela virada clássica, depois de sair perdendo de 1 a 0, o Palmeiras tinha um jogo no torneio em que conseguiu se superar após reviravoltas de placar. No triunfo por 4 a 3 sobre o Grêmio, a equipe chegou a encontrar pela frente uma desvantagem de 2 a 1, mas Róger Guedes, Vitor Hugo e Thiago Santos definiram o resultado. Naquele jogo, o time alviverde começou ganhando por  1 a 0.

A reviravolta no placar diante do São Paulo, acima de tudo, quebra um paradigma de Cuca no comando do Palmeiras. O 2 a 1 no clássico foi a primeira virada do treinador desde que chegou para comandar o time de Palestra Itália, no último mês de março.

Às vezes faz bem tomar um gol, diz Cuca

Desbancar o cenário desfavorável reflete o grau de maturidade atingido pelo atual elenco do líder do campeonato. O técnico Cuca destacou na última quarta a jovialidade do grupo, que, a cada rodada, se mostra mais pronto para disputar o título do Campeonato Brasileiro.

"Os dois meninos que fizeram os gols são jovens; [o Palmeiras] é um time jovem relativamente. Acho que a cada rodada que passa, você tem um aprendizado dentro dela, como em cima da virada que foi hoje [quarta-feira]. Daqui a pouco estarão ainda melhores do que hoje", destacou.

Se Cuca espera ainda uma maturidade maior do grupo, um dos mais experientes enxerga uma grande evolução neste sentido. Rafael Marques vê a equipe 'cascuda' e pronta para superar mais adversidades depois de, enfim, conquistar uma vitória de virada.

"Temos que evoluir, mas sabemos que o time está cada vez mais encorpado e sabendo se encontrar em certas situações, como hoje", destacou Rafael Marques na zona mista.

"Estamos bem encorpados, não podemos achar que está as 'mil maravilhas', porque quando há este momento é quando inclina-se o 'bico para baixo' e as coisas negativas começam a aparecer", ponderou o camisa 19 do Palmeiras depois da vitória sobre o São Paulo no Allianz Parque.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos