Zagueiro do Inter tem concussão cerebral e vai para hospital após choque

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

 
O zagueiro Paulão saiu da partida entre Inter e Santos ainda no primeiro tempo. Após um choque com Ernando, o jogador teve um corte na boca e não conseguiu permanecer em campo. Avaliado pelos médicos, foi atestada uma concussão cerebral e precisou ser encaminhado a um hospital. 
 
Paulão foi atingido pelo colega de zaga, Ernando, com menos de um minuto de jogo.  Um lançamento que iria para Ricardo Oliveira acabou interceptado na jogada. O lance foi forte ele saiu, inicialmente, aos vestiários. Depois acabou sendo encaminhado ao hospital Mãe de Deus, que fica próximo ao Beira-Rio. 
 
"Ele saiu cedo, sofreu uma concussão cerebral, existe um protocolo bem evidente nestes casos. Ele foi para o hospital, está bem, teve que ser retirado do jogo pois estava tonto, teve um período de esquecimento, não sabia onde se encontrava. Isso obrigava a retirar ele do campo. Mas está bem, já voltou e está sendo analisado pela equipe de neurologia do hospital Mãe de Deus. Ele terá que cumprir ao menos sete dias de repouso", disse o médico Carlos Poisl.
 
Segundo informou a assessoria de imprensa do Internacional, o defensor esteve sob avaliação durante boa parte da partida, mas precisou ser encaminhado para o hospital. O prazo de sete dias é o mínimo necessário para observação, mas o departamento médico do Internacional atesta recuperação total das condições dele. 
 
Em campo, o Internacional saiu atrás, mas empatou com o Santos ainda no primeiro tempo do jogo no Beira-Rio. Na etapa final, Aylon virou o jogo e a vitória significou o fim de um jejum de 14 partidas. De quebra, a fuga da zona de rebaixamento. 
 
Roberto Vinicius/estadão Conteúdo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos