Envergonhado, Roger assume culpa por goleada: "não tem como explicar"

Do UOL, em Porto Alegre

Em entrevista coletiva, o técnico Roger Machado assumiu a responsabilidade pela goleada de 4 a 0 sofrida nesta quarta-feira (07) contra o Coritiba. O ex-lateral esquerdo ainda se disse envergonhado. 

"O jogo começou equilibrado, com o Coritiba conquistando faltas laterais e escanteios. A bola parada que tanto nos incomodou e que não entrava mais, entrou. E a partir daí nos desestabilizamos no jogo e permitimos em três saídas o contra-ataque. Não tem como explicar um placar tão elástico coerentemente. O que temos que analisar é que não foi uma noite boa, nada boa. Nos deixou envergonhados pelo resultado. Mas temos que lamber nossas feridas e olhar para frente. Este jogo já passou e foi muito ruim do ponto de vista coletivo", disse o treinador. 
 
O Grêmio levou quatro gols ainda no primeiro tempo. Perdido e nervoso, o time teve três esquemas durante a partida. Começou no 4-4-2 com losango no meio, ainda na etapa inicial Pedro Rocha entrou no lugar de Ramiro abrindo um 4-2-3-1, e no segundo tempo entrou Kannemann formando três zagueiros. 
 
"É uma partida para esquecer, aprender, trabalhar, olhar para frente", disse. "Acho que entre erros e acertos, não vou me caracterizar como treinador que erra no treino, no jogo, na formação. Erro e acerto. Hoje eu errei, e a responsabilidade é toda minha. Quando eu acertei também me elogiaram. Não tenho problema em ser questionado e criticado", completou. 
 
A derrota deixa o Grêmio fora do G-4 e distante da briga pelo título brasileiro. Pode ficar quatro pontos atrás do quarto colocado ao fim da rodada. Está dez pontos atrás do líder Palmeiras, adversário na próxima rodada. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos