SP em crise tem chance remota de parar na zona da degola; veja combinações

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

  • Eduardo Knapp/Folhapress

    Ricardo Gomes comanda o SP contra o Figueirense e tenta tirar São Paulo da crise

    Ricardo Gomes comanda o SP contra o Figueirense e tenta tirar São Paulo da crise

O São Paulo vive uma crise técnica com maus resultados em campo e já deixou seus torcedores assustados com a possibilidade de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Até alguns jogadores do elenco admitiram o receio da queda. Mas ainda não há motivos para alarde. As chances de o time entrar na zona da degola nesta rodada são pequenas, mesmo com um eventual tropeço contra o desesperado Figueirense, no Morumbi, às 11h deste domingo.

O Tricolor ocupa hoje a 14ª colocação com 28 pontos, uma a mais que o Figueirense, primeiro integrante da temida zona de rebaixamento. O time catarinense é justamente o adversário do São Paulo neste domingo, às 11h, no Morumbi.

Veja as possibilidades de o São Paulo entrar na zona do rebaixamento.

Vitória do São Paulo: Se o Tricolor conseguir uma vitória simples contra o rival na luta contra o rebaixamento já não tem chances de entrar no Z4. O triunfo deixaria a equipe com 31 pontos, sem chances de ser alcançado pelos quatro concorrentes da degola.

Empate do São Paulo: Com um resultado igual, o São Paulo iria a 29 pontos e também não poderia ser alcançado pelos concorrentes. O Figueirense alcançaria 28 pontos com o empate. Outro integrante da temida zona, o Vitória já jogou na rodada e permaneceu com 26 pontos ao perder para o Flamengo na noite de sábado, no Barradão. Últimos colocados na tabela de classificação, o América-MG tem apenas 13 pontos enquanto o Santa Cruz soma só 20 pontos.

Derrota do São Paulo: A única chance de o São Paulo entrar na zona de rebaixamento é se perder a partida. Dessa forma, seria ultrapassado pelo Figueirense que alcançaria os 30 pontos. Ainda assim, o Tricolor teria que ser ultrapassado pelos adversários diretos Inter e Sport que hoje têm 27 pontos e ocupam as 15ª e 16ª colocação, respectivamente.

Para isso acontecer, o Inter e Sport teriam que vencer seus jogos ou empatar e, dessa forma, superar o São Paulo seguindo o critério de desempate de saldo de gols, já que os três ficariam com sete vitórias no torneio. O Inter pega o Atlético-PR, fora de casa, e o Sport encara o Santa Cruz, na Ilha do Retiro.

O novo diretor executivo de futebol do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, tenta manter a serenidade no grupo e evita falar em crise. Mas pede atenção dos atletas na partida contra o Figueirense.

"Tranquilos eles não estão porque a condição da tabela não permite tranquilidade. Eles precisam estar em alerta, o tempo todo focados, espertos e não serem surpreendidos. Vai ter um clima bom, mas ninguém ganha jogo porque é provável que ganhe. Se entrar com essa proposta pode ser surpreendido. Os adversários jogam atrás o tempo todo, com oito atrás da linha da bola. O São Paulo perdeu assim aqui para o Atlético-PR, para o Inter, falta o alerta o tempo todo", disse.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO x FIGUEIRENSE

Local: Estádio Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 11 de setembro de 2016, domingo
Horário: 11h (Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Alessandro A Rocha de Matos (Fifa-BA) e Helcio Araujo Neves (CBF-1-PA)

SÃO PAULO: Denis, Buffarini, Maicon, Lyanco e Matheus Reis; Hudson, Thiago Mendes e Wesley; Kelvin, Cueva e Chavez.
Técnico: Ricardo Gomes

FIGUEIRENSE: Gatito Fernandes; Ayrton, Nirley, Werley e Marquinhos Pedroso; Jackson Caucaia, Ferrugem, Jefferson e Carlos Alberto; Lins e Rafael Moura
Técnico:  Tuca Guimarães

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos