Roger exalta jogo dominado e diz que faltou eficiência ao Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

  • RODRIGO RODRIGUES/GREMIO FBPA

O empate contra o Palmeiras, sem gols, não ajudou o Grêmio na tabela do Campeonato Brasileiro. A atuação diante do líder não foi suficiente para render três pontos. Mas Roger Machado gostou de alguns aspectos do confronto deste domingo (11), em Porto Alegre. O treinador definiu a partida como dominada e atribuiu à falta de eficiência do escore.

"Foi uma partida onde a gente teve o pleno domínio, tecnicamente e com imposição. Com a volta do jogo coletivo bem executado. Com oportunidades criadas contra o líder da competição. Aí entra a técnica do jogador, o gesto técnico. Os chutes no gol foram defendidos. A eficiência é um dos fatores que determinam o resultado em um jogo de futebol. Não fomos eficientes", disse.

E de fato, o Grêmio teve chances. Mais chances que o Palmeiras. No primeiro tempo, chegou pelo menos três vezes. Em uma delas, Pedro Rocha foi abafado por Jailson. Na etapa final, Luan, Guilherme duas vezes e Douglas tentaram. Edilson chegou a acertar o travessão. E nada.

"Time grande não pode, com tanto tempo em um campeonato, deixar de pensar nele. Mesmo que a distância seja longa. Em outros momentos, já tivemos times que tiraram uma diferença grande. Estar perto de quem está à frente é importante. Uma vitória nos coloca no G-4 e aí, depois, vamos passo a passo", comentou Roger Machado ao falar da tabela.

Com 37 pontos, o Grêmio segue longe do topo da tabela. Chega a cinco jogos sem vencer e volta a campo na quarta-feira, quando visita a Ponte Preta. Douglas, suspenso pelo terceiro amarelo, é desfalque certo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos