Santos e Corinthians fazem jogo com problemas no ataque e defesas seguras

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Eduardo Anizelli/Folhapress

    No primeiro turno, o Corinthians venceu o Santos por 1 x 0 na Arena Corinthians

    No primeiro turno, o Corinthians venceu o Santos por 1 x 0 na Arena Corinthians

Santos e Corinthians disputam o clássico deste domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, com ataques duvidosos e defesas seguras. O dois times possuem as duas primeiras melhores defesas da competição. O time de Cristovão Borges é o líder no quesito, com apenas 21 gols sofridos, seguido pelo alvinegro praiano, que só foi vazado 22 vezes.

Em contrapartida, Cristovão e Dorival Júnior tem sérios problemas no ataque. No Corinthians, um atacante de origem não faz gols há dois meses. Os últimos foram marcados na goleada contra o Flamengo por 4 a 0, no dia 3 de julho, quando Rildo e Romero balançaram as redes. Marlone fez gol contra o Vitória, mas é considerado meia e não atacante pela comissão técnica.

Após os fiascos de André e Luciano, já negociados, e a improvisação de Guilherme, sem sucesso, Cristovão apostou em Lucca contra o Sport e promoveu a estreia de Gustavo, ex-Criciúma, no segundo tempo. Apesar do bom desempenho da dupla, os gols foram anotados por Rodriguinho, Léo Príncipe e Vilson.

O Santos, por sua vez, perdeu seu poderio de ataque por causa de cartões, além da transferência de Gabigol para a Internazionale, da Itália. No primeiro duelo sem seu camisa 10, a equipe santista perdeu por 2 a 1.

No entanto, o pior estava por vir. Dorival Júnior perdeu Lucas Lima em polêmica expulsão por "cera" e Ricardo Oliveira por receber o terceiro cartão amarelo.

Sem o trio, o Santos perde 37,6% do poderio de gols, já que somando os gols de Gabriel, Ricardo Oliveira e Lucas Lima, a equipe santista chega a 32 gols marcados na temporada. Em 2016, o alvinegro praiano marcou 85 gols em 48 jogos em 2016.

No ano, Ricardo Oliveira fez 15 gols e deu quatro assistências, enquanto Lucas Lima marcou quatro gols e aplicou sete assistências. Gabigol, que deixou o clube, balançou as redes 15 vezes e deu quatro assistências.

Para piorar, o ataque substituto para o clássico não vive a melhor fase. Rodrigão e Copete, que iniciaram suas trajetórias no Santos com gols, passam por ostracismo em campo e jejum de gols.

O último gol de Rodrigão foi na vitória do Santos por 3 a 0 contra a Chapecoense, no dia 3 de julho, pela 13ª rodada da competição. Copete, por sua vez, marcou o último gol na vitória por 3 a 2 contra o Vitória-BA, pela 16ª rodada do Brasileiro.

O Santos ainda não conta com Victor Ferraz, que cumpre suspensão. Daniel Guedes será o substituto. Em contrapartida, Thiago Maia volta após cumprir suspensão contra o Inter. No Corinthians, Yago cumpre suspensão e dá lugar ao paraguaio Balbuena, que estava suspenso contra o Sport. 

Ficha Técnica - Santos x Corinthians

Data e horário: 11 de setembro, às 16h (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos-SP
Árbitro: Raphel Claus
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis (ambos de SP)                        
 
Santos: Vanderlei, Daniel Guedes, Luiz Felipe, Gustavo Henrique, Zeca; Thiago Maia, Renato, Vecchio (Jean Mota), Vitor Bueno, Copete; Rodrigão.
Técnico: Dorival Júnior. 
 
Corinthians: Cássio; Fágner, Balbuena, Vilson e Uendel; Cristian, Camacho, Giovanni Augusto (Marquinhos Gabriel), Rodriguinho e Marlone; Lucca.
Técnico: Cristovão Borges. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos