Após dia de garçom, Magno Alves exalta confiança da torcida: 'é meu papel'

Do UOL, no Rio de Janeiro

Magno Alves entrou em campo no intervalo, após o Fluminense terminar o primeiro tempo com perdendo de 1 a 0 para o Atlético-MG. Mesmo com os 40 anos nas costas, o experiente atacante foi o grande nome do jogo após mudar o rumo da prosa. Ele deu três assistências e ainda sofreu a falta que originou o terceiro gol do Tricolor, marcado por Gustavo Scarpa.

Magno aproveitou o momento pós jogo para agradecer a confiança dos torcedores e parabenizar os companheiros após a vitória por 4 a 2, em Edson Passos.

"Quero parabenizar a equipe que soube fazer valer o fator campo sem o Maracanã. Não adianta pedir minha entrada e eu entrar e não fazer nada. Esse é meu papel. Ajudei os amigos com os passes e o importante é que estamos perto do G4", disse o Magnata.

O experiente jogador ainda aproveitou para comentar o reencontro de Fred com o Fluminense. A torcida não perdoou e xingou o ex-camisa 9 de cone, mercenário e até utilizou uma música dos rivais cariocas para provocar o jogador. Para Magno Alves, nenhum problema.

"Torcedor é assim mesmo. Isso não muda o fato de que o Fred escreveu o nome dele na história do Fluminense. Sobre o jogo em si, que bom que a gente ganhou dele também [risos]", brincou Magno Alves.

Com a vitória sobre o Atlético-MG, o Fluminense chegou aos 37 pontos e pulou para a 7ª colocação. Agora, a distância para o Corinthians, último time do G4 e com 40, é de apenas três pontos. O Tricolor volta a campo na quinta-feira, quando medirá forças com a Chapecoense, novamente em Edson Passos.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos