Flu faz 4 gols após mexidas, e Levir brinca: "É o dedo do técnico"

Do UOL, no Rio de Janeiro

O técnico do Fluminense, Levir Culpi, voltou a mostrar bom humor em suas entrevistas. Nesta segunda-feira, o Tricolor terminou o primeiro tempo perdendo de 1 a 0 para o Atlético-MG e obrigou o treinador a fazer substituições. Foi o necessário para a equipe decolar, fazer quatro gols e conquistar a vitória.

Bem ao seu estilo, Levir revelou que fez uma brincadeira com os jogadores no banco de reservas no segundo gol, marcado por Marquinho. Isso porque o apoiador havia entrado na vaga de Marcos Júnior 30 segundo antes de estufar as redes.

"Sinceramente não. Até brinquei com os jogadores porque o gol saiu 30 segundos depois da entrada dele. Aí virei para os jogadores no banco e falei para eles que era o dedo do técnico, a substituição mágica [risos]", disse Levir Culpi no programa Bem, amigos.

Ainda de maneira descontraída, Levir disse que havia pensado em tirar Gustavo Scarpa, por conta de alguns passes errados cometidos no jogo. O treinador porém, desistiu da ideia e brincou com a situação.

"É o que sempre falo: sou o burro com sorte. Quase tirei o Scarpa. Mas ele tem algo muito diferente dos demais. Ele tem um chute bastante decisivo. Se acertar os passes certos, será um dos melhores do Brasil", afirmou o treinador do Flu.

Com a vitória sobre o Atlético-MG, o Fluminense chegou aos 37 pontos e pulou para a 7ª colocação. Agora, a distância para o Corinthians, último time do G4 e com 40, é de apenas três pontos. O Tricolor volta a campo na quinta-feira, quando medirá forças com a Chapecoense, novamente em Edson Passos.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos