Grêmio completa um mês sem vitória e faz returno de rebaixável

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

Cinco jogos ou 31 dias corridos. Este é o período sem vitórias do Grêmio no Campeonato Brasileiro. O empate com o Palmeiras, na 24ª rodada, manteve o time gaúcho longe da ponta da tabela e agravou a campanha do segundo turno. Os números nesta nova etapa da competição são equivalentes às equipes que lutam contra o rebaixamento.

A última vitória foi diante do Corinthians, em 14 de agosto. De lá para cá, o Grêmio acumula três derrotas e dois empates.

Como só volta a campo na quarta-feira, diante da Ponte Preta, fechará pelo menos 30 dias sem vencer no Brasileirão. Na Copa do Brasil, o time ganhou do Atlético-PR, em 24 de agosto.

O jejum de um mês é tão forte como a campanha dentro de um tradicional recorte do Campeonato Brasileiro.

Dono de 32 pontos no primeiro turno, o Grêmio conquistou somente cinco no returno. Mesmo aproveitamento, por exemplo, do rival Internacional. E superior somente a Vitória, Santa Cruz e América-MG.

Botafogo e Flamengo lideram a tabela imaginária com resultados somente do segundo turno. Os cariocas somam 12 pontos em cinco partidas. O líder Palmeiras vem logo atrás com 11.

 "O campeonato é longo, vou pesquisar e analisar quantas equipes já passaram por esse período de instabilidade. Acredito que quase todas. Mas esse é o momento de ter tranquilidade e confiança que é algo passageiro", disse Roger Machado, treinador do time. "Não tínhamos tido essa instabilidade e em algum momento ela ia nos atingir", completou.

Na próxima rodada, o Grêmio visita a Ponte Preta. Depois do jogo de quarta-feira, em Campinas, o time gaúcho terá três partidas seguidas em casa. Recebe Fluminense e Chapecoense e, no meio desses compromissos, o Atlético-PR pela Copa do Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos