Santos vê 'arbitragem polêmica' no passado e faz mistério contra o Botafogo

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/ Santos FC

    Victor Ferraz, que volta ao time, diz que arbitragem contra o Inter "já deu" para esquecer

    Victor Ferraz, que volta ao time, diz que arbitragem contra o Inter "já deu" para esquecer

A vitória contra o Corinthians por 2 a 1, de virada, no último domingo, na Vila Belmiro, serviu para mudar o astral do elenco santista. Os atletas, inclusive, alegam que já esqueceram a polêmica arbitragem de Rodrigo Batista Raposo, que disparou cartões amarelos contra os santistas e expulsou Lucas Lima ainda no primeiro tempo por "cera" na derrota do Santos para o Internacional por 2 a 1, em Porto Alegre, na semana passada.

"Já (deu pra esquecer arbitragem). Já foi muito falado isso aí. Tentei me desvincular de redes sociais porque só falavam disso. Claro que achei necessário falar no momento, por tudo que aconteceu, mas agora já passou. E eu nem sei quem é o árbitro do jogo de quarta", afirmou Victor Ferraz, um dos atletas que desabafou após a polêmica partida contra o Inter e até chamou o juiz de mentiroso.

Para engatar a segunda vitória consecutiva, o Santos faz mistério em relação a escalação do time que enfrenta o Botafogo, nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro, em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Dorival Júnior esconde o substituto de Jonathan Copete, que cumpre suspensão automática. São três opções: Jean Mota, que foi elogiado ao substituir Lucas Lima no clássico contra o Corinthians, Vecchio, que treinou na semana passada quando Copete esteve lesionado, e o jovem Walterson, promovido da equipe sub 23.

Victor Ferraz alega que o desfalque de Copete mudará, de qualquer forma, a característica do setor ofensivo do Santos.

"Independentemente de quem escolher, vai mudar, vai ser diferente. Copete é muito particular as características. Conduz a bola com velocidade. Não é cara de receber em profundidade, mas leva bola até a frente. Walterson já gosta de receber em profundidade, faz facão. Se for Jean ou Vecchio, muda pra 4-4-2, com meio-campo mais preenchido. Vamos ver o que o Dorival vai escolher para fazermos um grande jogo", disse o lateral.

Com os retornos de Ferraz, Ricardo Oliveira e Lucas Lima, que cumpriram suspensão na última rodada, o Santos deve entrar em campo com a seguinte escalação: Vanderlei, Victor Ferraz, Luis Felipe, Gustavo Henrique, Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima, Vitor Bueno, Jean Mota (Vecchio ou Walterson); Ricardo Oliveira. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos