A dupla Fred e Pratto: dois gols, 422 minutos e 61% de aproveitamento

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Dupla formada por Fred e Pratto tem média de um gol a cada 211 minutos jogados

    Dupla formada por Fred e Pratto tem média de um gol a cada 211 minutos jogados

Não é fácil jogar com dois centroavantes, algo que o técnico Marcelo Oliveira tenta fazer no Atlético-MG. No elenco atleticano estão Fred e Lucas Pratto, jogadores de reconhecida categoria e com histórico de seleção no currículo. Fred disputou duas Copas do Mundo, enquanto Pratto foi o titular da Argentina nas duas últimas rodadas das Eliminatórias para 2018. Luxo que poucos times do continente podem se dar e que não tem sido bem aproveitado.

Juntos, Fred e Pratto atuaram em sete partidas. No total foram 422 minutos em campo com a dupla de centroavante. O desempenho do Atlético não é ruim. Foram quatro vitórias, um empate e duas derrotas. Desempenho que se mantido até o final do Brasileirão é mais do que suficiente para garantir uma vaga na Libertadores. Mas pouco para quem sonha em conquistar a competição.

Embora o aproveitamento do time não seja ruim com ambos em campo, o desempenho individual, considerando o número de gols e assistências, não é dos melhores. Pelo contrário, foram somente dois gols da dupla nos 422 minutos que atuaram juntos pelo Atlético. Fred anotou um gol contra o Santa Cruz e Pratto marcou no triunfo sobre o São Paulo. Já passes para gols foram três, dois de Fred e um de Pratto. Muito pouco, especialmente se comparado nos momentos em que o Atlético teve apenas um dos centroavantes em campo.

Fred tem 16 partidas pelo Atlético e marcou sete gols. Portanto, sem Pratto ao lado, o camisa 99 disputou nove partidas (incluindo o jogo com o Palmeiras, quando deixou o campo para a entrada do argentino) e marcou seis vezes. Desempenho muito melhor. Pratto nunca se destacou como um goleador, mas foi o artilheiro do Atlético na temporada passada, com 23 gols, sendo 12 no Brasileirão. Com apenas um na edição atual e somente mais 14 rodadas em disputa, a marca de 12 gols parece que dificilmente vai ser superada por Lucas Pratto.

A lesão de Maicosuel deve manter a dupla de centroavantes na equipe titular por mais alguns jogos, mesmo com o retorno de Cazares. A volta do meia, que arma o jogo, pode ser o que falta para que Fred e Pratto aumentem também os números de gols, não apenas o aproveitamento de pontos do Atlético.

"Tenho certeza que vai acontecer muita adversidade e tropeço neste campeonato ainda. O Atlético tem que criar uma regularidade. Não foi aqui (contra o Fluminense), mas temos a oportunidade de tentar isso nos três jogos (próximas rodadas em BH). O Cazares já treinou, fez alguns treinos. Vamos aguardar as respostas. Se ele estiver bem, ele pode participar em alguns minutos do jogo (contra o Sport, nesta quinta-feira). Claro que não começando, mas pode participar", disse o técnico Marcelo Oliveira, que segue trabalhando para encontrar a melhor maneira de extrair o máximo possível do forte elenco do Atlético.

Jogos da dupla Fred e Pratto

Atlético 2x1 Coritiba – 50 minutos – nenhum gol
Atlético 3x0 Santa Cruz – 69 minutos – 1 gol do Fred
São Paulo 1x2 Atlético – 61 minutos – 1 gol do Pratto
Atlético 3x1 Chapecoense – 71 minutos – nenhum gol
Santos 3x0 Atlético – 63 minutos – nenhum gol
Grêmio 1x1 Atlético – 63 minutos – nenhum gol
Fluminense 4x2 Atlético – 45 minutos – nenhum gol

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos