Figueirense empata após dispensar Carlos Alberto e pressiona o Inter

Do UOL, em Belo Horizonte

A semana do Figueirense começou com o time dentro da zona do rebaixamento e a dispensa do meia Carlos Alberto. E no primeiro jogo sem o polêmico jogador, a equipe catarinense vencia o América-MG por 2 a 0, em casa, mas permitiu a reação do último colocado no Campeonato Brasileiro e cedeu o empate. Apesar do placar final em 2 a 2, o Figueirense saiu da zona do rebaixamento, colocando o Inter.

Já o América, apesar do segundo empate seguido fora de casa, segue em situação bastante complicada no Brasileirão. Restando 13 rodadas para o término da competição, a equipe mineira precisa de pelo menos dez triunfos para evitar a queda.

Figueirense sai e sabe que volta à zona do rebaixamento

Com apenas uma vitória nas últimas 16 rodadas do Campeonato Brasileiro, o Inter recebe o Vitória, no Beira-Rio, nesta quinta-feira, e precisa pontuar  para terminar a 25ª rodada fora da zona do rebaixamento. A situação da equipe colorada só não é pior graças ao bom segundo tempo do América, que perdia por 2 a 0 e buscou o empate. Por outro lado, não importa o resultado, o Figueirense sabe que vai terminar a 25ª rodada na zona do rebaixamento. Seja por Inter ou pelo Vitória, a equipe de Santa Catarina vai perder uma posição após a partida em Porto Alegre.

Pênalti inexistente contribui para o resultado

Jogo 1 a 0 para o Figueirense, quando Ayrton entra na área e tenta passar pelo zagueiro Éder Lima. O lateral direito da equipe alvinegra tromba no zagueiro do América e o árbitro José Cláudio Rocha Filho viu pênalti no lance. Dodô cobrou com categoria e ampliou a vantagem para equipe da casa, complicando ainda mais a reação do lanterna do Brasileirão. Mesmo assim o América buscou o empate.

Maurides não é substituído e torcida vaia o técnico

Pouco depois dos 20 minutos do segundo tempo o atacante Rafael Silva foi chamado por Tuca Guimarães para entrar no jogo. A expectativa da torcida era pela saída de Maurides, que não fazia um bom jogo. O centroavante do Figueirense chegou a tropeçar nas próprias pernas. No entanto, quem deixou o campo foi Lins, autor do primeiro gol da noite. Decisão que gerou muitos protestos por parte da torcida do Figueirense, que vaiou bastante o técnico Tuca Guimarães.

Lateral é sósia de atacante, mas tem feito gols

É comum nos jogos do América-MG que os narradores confundam o lateral direito Jonas e o atacante Osman. De fato os dois jogadores são fisicamente parecidos, mas o camisa 2 vive uma fase melhor do que o camisa 2. Foi de Jonas o gol do América no empate com a Ponte Preta, na rodada anterior. E mais uma vez o lateral balançou as redes, dessa vez com um golaço de fora da área, sem chance para o goleiro Gatito Fernández.

América faz bom segundo tempo e busca o empate

Com apenas 14 pontos no Brasileirão, os jogadores do América sabem que somente o rendimento de campeão é capaz de evitar a queda. Mesmo com uma reação que parece improvável, o América não se entrega. O segundo tempo diante do Figueirense foi um ótimo exemplo da entrega dos jogadores em campo. A equipe reagiu e buscou o empate numa partida que estava 0 a 0. E olha que o América poderia ter uma noite ainda melhor, caso não perdesse algumas boas chances.

Jogador do América é expulso após ser substituído

Aos 24 minutos o volante Pablo deixou o jogo para a entrada de Mateusinho. Como o América-MG perdia por 2 a 1 e volante já estava amarelado, o técnico Enderson Moreira optou por deixar a equipe mais ofensiva. Para agilizar, Pablo deixou o campo do lado inverso ao banco de reservas. Enquanto caminhava até o local, o jogador com passagens por Figueirense e Avaí respondeu com gestos as provações dos torcedores. Avisado pelo quarto árbitro, o juiz José Cláudio Rocha Filho expulsou o volante do América, que viu os últimos minutos da arquibancada do Orlando Scarpelli.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 2 X 2 AMÉRICA-MG

Data: 14/09/2016 (quarta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Motivo: 25ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Público: 3.323 pagantes
Renda: R$ 35.145
Árbitro: José Cláudio Rocha Filho (SP)
Assistentes: Fábio Rogério Baesteiro (SP) e Ricardo Pavanelli Lanutto (SP)
Cartões amarelos: Osman (AFC)
Cartão vermelho: Pablo (AFC)
Gols: Lins aos 14 min, Dodoô aos 37 min e Jonas aos 43 min do primeiro tempo; Osman aos 35 min do segundo tempo

FIGUEIRENSE
Gatito Fernández; Ayrton, Bruno Alves, Werley e Marcos Pedroso; Ferrugem (Ermel, aos 37 do 2º), Caucaia (Jocinei, aos 19 do 2º), Jefferson e Dodô; Maurides e Lins (Rafael Silva, aos 24 do 2º).
Treinador: Tuca Guimarães.

AMÉRICA-MG
João Ricardo, Jonas, Sueliton, Éder Lima e Gilson; Leandro Guerreiro (Ernandes, no intervalo), Pablo (Mateusinho, aos 24 do 2º), Juninho e Danilo; Osman e Nixon (Michael, aos 39 do 2º).
Treinador: Enderson Moreira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos