Fla relata ataque de organizada do Palmeiras em camarote do Allianz Parque

Danilo Lavieri, José Edgar de Matos e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em São Paulo e no Rio de Janeiro

A diretoria do Flamengo gostou do empate contra o Palmeiras por 1 a 1, mas não saiu nada satisfeita do Allianz Parque na noite desta quarta-feira (14). Tudo porque, segundo a cúpula do Rubro-negro, dirigentes cariocas foram atacados por torcedores rivais durante a partida.

Segundo relatos do presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, e de diretores, a torcida organizada Mancha Verde identificou o camarote onde os cartolas estavam e passaram a tacar pilhas, pedras de gelos e copos cheios de bebida.

"Já me relataram aqui. Ocorreu essa situação, um absurdo. E não apareceu ninguém para coibir. No intervalo, um segurança do Palmeiras ainda foi lá nos tratar muito mal. Queremos saber se o STJD [Superior Tribunal de Justiça Desportiva] viu isso também", reclamou o diretor executivo de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano.

Organizada infiltrada

"Foram alguns membros da Mancha [Verde]. Achei até estranho porque achei que eles não viriam. Tacaram coisas no nosso grupo. Está tudo filmado e registrado", disse Bandeira de Mello.

A surpresa do cartola se deu porque os membros da Mancha Verde estavam proibidos pelo STJD de ir ao estádio nesta quarta.

De acordo com torcedores palmeirenses ouvidos pela reportagem no estádio, os dirigentes cariocas teriam começado o tumulto tacando gelo de dentro para fora dos camarotes - na direção das arquibancadas.

Questionado se teria provocado os palmeirenses, o presidente do Flamengo negou. "Só discuti quando o Márcio Araújo foi expulso. Não provocamos ninguém. Falei que era um roubo, e de fato foi. O Brasil inteiro viu esse roubo", completou o mandatário.

Por fim, questionado sobre possíveis reclamações junto ao STJD, Bandeira descartou qualquer denúncia. "O Flamengo não vai fazer carga contra o Palmeiras no STJD porque foi a segurança do Palmeiras que salvou a gente. Se alguém quiser tomar providências, ok. Mas não partirá de nós", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos