Por que Michel Bastos ainda não voltou a ser relacionado pelo São Paulo

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Cavallari-11.ago.2016/Folhapress

No meio da tarde da última terça-feira (13), o São Paulo encerrou a novela e afirmou que Michel Bastos permaneceria no clube. Para a partida contra o Cruzeiro, nesta quinta (15), no Morumbi, no entanto, o antigo titular nem sequer foi relacionado pelo técnico Ricardo Gomes.

O entendimento do São Paulo é de que Bastos precisará brigar para recuperar o espaço perdido no clube. Por causa da polêmica envolvendo o jogador, ficou inviável uma volta ao time titular como se nada tivesse acontecido.

Na chegada ao Morumbi, Marco Aurélio Cunha, que recentemente assumiu cargo diretivo no time paulista, afirmou que a volta de Bastos dependerá do técnico Ricardo Gomes. "O Michel Bastos vai aguardar e voltar quando o Ricardo quiser. Se fosse reintegrado imediatamente, seria time de várzea".

A permanência de Michel Bastos no São Paulo virou dúvida depois da invasão de torcedores do clube ao CT da Barra Funda. Na ocasião, o meia foi um dos agredidos, junto com Wesley e Carlinhos.

Após a confusão, Michel Bastos chegou a participar do empate em 0 a 0 com o Coritiba, em 28 de agosto. Desde então, foi desfalque na derrota por 2 a 1 para o Palmeiras e na vitória por 3 a 1 sobre o Figueirense por motivos físicos e psicológicos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos