Cuca confirma Edu Dracena e coloca trio em disputa pela vaga de Jesus

José Edgar Matos

Do UOL, em Atibaia (SP)

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    O zagueiro Edu Dracena durante treino do Palmeiras

    O zagueiro Edu Dracena durante treino do Palmeiras

A um dia do clássico contra o Corinthians, em Itaquera, o Palmeiras encerrou a preparação na cidade de Atibaia, interior de São Paulo. Depois do treino técnico fechado para a imprensa, o técnico Cuca confirmou o zagueiro Edu Dracena na vaga do suspenso Vitor Hugo, mas manteve o mistério sobre o substituto de Gabriel Jesus.

Em entrevista concedida na manhã desta sexta-feira, o treinador anunciou o veterano como o companheiro de Yerry Mina no setor; desta forma, repete a estratégia adotada no dérbi do primeiro turno, quando Edu Dracena também atuou como titular – na época, ao lado de Thiago Martins.

"O Edu [Dracena] entra na zaga como ele jogou lá em Porto Alegre. Na frente, nós temos essa dúvida ainda, ainda não temos definido. A gente perdeu o Gabriel Jesus pelo terceiro cartão, vamos ganhar um tempo a mais para estudar bem o adversário e definir o jogador que vai jogar", destacou.

TABELINHA: PALMEIRAS LIDERA, MAS FLA TEM MAIS POTENCIAL PARA CRESCER, DIZEM JUCA E BIRNER; OUÇA

Três nomes disputam a vaga do artilheiro palmeirense no Campeonato Brasileiro com 11 gols. Lucas Barrios, Erik e Rafael Marques brigam pela última vaga no time titular para o clássico.

Em relação aos outros atletas, nenhuma dúvida a princípio, desde que Cuca mantenha o padrão das últimas rodadas. Jailson, Jean, Mina e Zé Roberto completam o sistema defensivo; Gabriel, Tchê Tchê e Moisés jogam no meio-campo, enquanto Dudu e Róger Guedes devem permanecer no ataque.

Com três dúvidas para uma vaga, Cuca procurou despistar ao inclusive citar Leandro Pereira, que recebeu poucas chances depois de retornar à Academia de Futebol.

"Barrios é um centroavante fixo, temos o Leandro [Pereira] que é um centroavante de mais velocidade", ressaltou Cuca, que não descarta até o retorno de Erik à formação inicial.

"[Erik] Pode voltar, sim. É um menino em que temos muita confiança. O Rafael também. Apesar de não ser centroavante, atuou naquela função quando a gente não tinha nem Leandro nem Barrios. Hoje a tem, mas é um jogador importante para nós", analisou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos