Pressionado, Héber comete erros e até empurra Dudu em clássico

Danilo Lavieri e José Edgar Matos

Do UOL, em São Paulo

Héber Roberto Lopes não era o nome dos sonhos de nenhuma das equipes. O árbitro entrou em campo neste sábado para apitar Palmeiras e Corinthians sendo pressionado pelos dois lados.

No primeiro tempo, Héber não marcou faltas claras, como um chute de Arana que acertou só as pernas de Tchê Tchê.

Ele foi imediatamente cercado pelos palmeirenses e, na hora da confusão, até empurrou Dudu. O atacante do Palmeiras se revoltou, mas foi contido pelos colegas.

Héber foi xingado durante quase que o jogo inteiro. Em todos os lances, era alvo de reclamação. Foi ainda mais quando inverteu a marcação de seu auxiliar em um escanteio a favor do Palmeiras.

Héber se livrou de uma punição no STJD na última semana. Ele foi suspenso preventivamente em primeira instância por 20 dias por uma falta de Fagner não marcada em cima de Ederson.

O lance aconteceu ainda no primeiro turno e, até hoje, Ederson não voltou a jogar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos