Chapecoense e Ponte fazem jogo agitado, empatam e perdem chance de embalar

Do UOL, em São Paulo

Chapecoense e Ponte Preta empatam em 2 x 2 pelo Campeonato Brasileiro

Principais surpresas do Campeonato Brasileiro, Chapecoense e Ponte Preta se enfrentaram neste domingo com a possibilidade de embalar uma sequência de vitórias e se aproximar do G-4. As equipes fizeram um jogo agitado na Arena Condá, mas empataram por 2 a 2. O time de Campinas segue ligeiramente melhor, com 39 pontos. Já a Chapecoense ficou com 38. 

O jogo foi agitado desde o 1º tempo, com a Chapecoense melhor em campo e sempre na frente. Tiaguinho abriu o placar, Fábio Ferreira empatou, mas novamente o atacante do time catarinense marcou. Parecia que ele sairia como herói improvável da partida. Mas depois do intervalo, a Ponte conseguiu o empate com Roger, aos 10min do 2º tempo. Os minutos finais tiveram emoções dos dois lados, porque os times realmente precisavam da vitória, mas ambos saíram frustrados.

Na próxima rodada a Chapecoense enfrentará o Grêmio fora de casa, no domingo, às 16h (de Brasília). A Ponte visitará o Atlético-PR no domingo e jogará às 11h (de Brasília).

Quem é Tiaguinho?

Revelado pelo XV de Piracicaba, ele chamou atenção da Chapecoense por fazer um bom Campeonato Catarinense pelo Metropolitano. Ele estreou no Campeonato Brasileiro justamente contra a Ponte Preta, no 1º turno, mas vinha recebendo poucas chances na competição até agora. A última partida dele no Brasileirão tinha sido há um mês, em 19 de agosto.

Agora finalmente conquistou seu espaço no clube. No 1º gol, ele ganhou uma dividida com Douglas Grolli e tocou por cima de Aranha. Depois, recebeu um lindo lançamento do zagueiro Filipe Machado, avançou nas costas da zaga da Ponte e chutou com sucesso para o gol.

Quem foi mal: Josimar

Ex-jogador da Ponte Preta, ele falhou no primeiro gol da Ponte, por dar condição à Fábio Ferreira, levou cartão amarelo e foi substituído por Rafael Bastos no intervalo.

Impedimento polêmico

Aos 41min, Rafael Lima fez gol para Chapecoense, mas o auxiliar viu impedimento do jogador. O time catarinense reclamou muito do lance.

Artilheiros passaram em branco

William Pottker, vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro com 10 gols, foi mal no jogo e saiu substituído. Bruno Rangel, artilheiro da Chapecoense, saiu do banco de reservas e também teve atuação discreta.

CHAPECOENSE 2 x 2 PONTE PRETA

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 18/09/2016 (domingo)
Árbitro: João Batista Arruda (RJ)
Auxiliares: Michael Correia e João Luiz Albuquerque (RJ)
Cartões amarelos: Josimar (CHA) e Filipe Machado (CHA)
Gols: Tiaguinho (CHA), aos 11min do 1º tempo; Fábio Ferreira, aos 33min do 1º tempo; Tiaguinho, aos 43min do 1º tempo; Roger, aos 

CHAPECOENSE
Danilo; Gil, Rafael Lima, Filipe Machado e Sergio Manoel; Josimar (Rafael Bastos), Matheus Biteco, Cléber Santana e Arthur Maia (Lourency); Kempes (Bruno Rangel) e Tiaguinho
Técnico: Caio Jr.

PONTE PRETA
Aranha; Nino Paraíba, Douglas Grolli, Fábio Ferreira e Reinaldo; João Vitor, Wendel (Elton) e Maycon; Clayson (Jeferson), Roger e William Pottker (Wellington Paulista)
Técnico: Eduardo Baptista

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos