Flamengo vence o Figueirense no Pacaembu e segue na cola do Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

O Flamengo jogou pressionado contra o Figueirense, neste domingo, após o líder Palmeiras ter vencido clássico paulista um dia antes. Empurrado por mais de 28 mil torcedores no Pacaembu, o time rubro-negro apresentou grande rendimento coletivo e derrotou os catarinenses por 2 a 0, triunfo que manteve o Flamengo na cola do líder do Brasileirão.

Com este resultado, o Flamengo chegou a 50 pontos, um a menos que o Palmeiras, 1º colocado na tabela. Já o Figueirense continua na zona de rebaixamento, com 28 pontos.

Willian Arão e Diego marcaram os gols do Flamengo, que poderia ter vencido por contagem maior. O goleiro Gatito Fernández fez boas defesas, inclusive um pênalti batido por Damião

A vitória contra o Figueirense comprova o bom momento do Flamengo na temporada. O time carioca completou o sexto jogo invicto. Em campo, o Fla apresentou neste domingo equilíbrio nos setores, com poder de infiltração (sobretudo com Willian Arão) e avanços constantes pelos lados (com Jorge e Pará).

Para o duelo no Pacaembu, Flamengo e Figueirense jogaram sem seus principais homens de frente. Guerrero desfalcou o time devido a febre e sinusite, enquanto Rafael Moura se recupera de lesão.

Meio tobogã

A torcida rubro-negra não pôde lotar o tobogã. O motivo: o clube cumpre suspensão do STJD após briga entre flamenguistas e palmeirenses no 1º turno. Devido à pena dada ao Flamengo, os torcedores só puderam utilizar meio tobogã do Pacaembu.

1º tempo: Fla no ataque e Figueira recuado

GEOVANI FERNANDEZ/Estadão Conteúdo
O Flamengo foi para cima logo nos primeiros minutos de jogo. A proposta do Figueirense era nítida: recuar todo time até a intermediária e se arriscar nos contra-ataques.

Desta forma, o Flamengo permaneceu no campo ofensivo durante toda etapa inicial. Muralha foi um espectador no primeiro tempo.

O goleiro do Figueira, Gatito Fernández teve trabalho para segurar o ataque rival. Diego mandou para fora ótima chance de abrir o placar.

Aos 30 min, o juiz assinalou penalidade para o Flamengo. O lance gerou reclamação por parte dos atletas do Figueira; a bola bateu no braço de Ayrton em disputa de cabeça com Damião.

O atacante bateu no canto direito. Gatito acertou o lado, espalmando a bola.

Mas a pressão rubro-negra surtiu efeito aos 36 min do 1º tempo. Willian Arão se infiltrou na área e cabeceou no canto após lançamento preciso de Rafael Vaz. Flamengo 1 a 0.

Fla mantém pressão na etapa final e liquida o Figueira

O Flamengo continuou pressionando o Figueira na 2ª etapa. Pela direita, Pará e Everton envolviam a defesa rival. Em uma das tabelas, Damião perdeu chance incrível.

Minutos depois foi a vez de Réver chutar bola na trave. Ele estava livre e na pequena área.

Apático no ataque, o Figueira decidiu apostar na entrada de Rafael Silva, ex-Vasco.

Já o Flamengo decidiu trocar os centroavantes. Após errar pênalti e chances de gol, Damião deu lugar a Felipe Vizeu.

O jovem centroavante foi derrubado em cima da linha logo na segunda bola que recebeu. Diego foi quem cobrou desta vez, e acertou, marcando o segundo gol do Fla.

Mesmo com 2 a 0 no placar, o Flamengo seguiu dando trabalho à defesa do Figueirense. Com o jogo nas mãos, o Fla trocou passes ao coro de "olé" vindo da arquibancada.

Pará e Vaz se destacam; Gatito faz milagre

GATITO DEFENDE PÊNALTI DE DAMIÃO

Pará e Rafael Vaz foram ovacionados pela torcida rubro-negra. O coro não foi à toa. Pela direita, o lateral criou as principais jogadas ofensivas do time. Já Vaz apresentou segurança na defesa e deu lançamento longo na cabeça de Arão, que anotou o gol do Fla na etapa inicial.

Pelo lado do Figueira, o nome do jogo foi Gatito Fernandez. O goleiro impediu que a derrota fosse por vantagem maior, fazendo grandes defesas.

Torcedora passa mal sob forte calor

Uma torcedora foi atendida pelos médicos no Pacaembu. A partida foi realizada sob forte calor na manhã de domingo. Vários torcedores colocaram camisas sobre a cabeça para minimizar o efeito do sol.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 x 0 FIGUEIRENSE

Data e hora: 18/09/2016, domingo, às 11h (horário de Brasília)

Local: Pacaembu, em São Paulo/SP

Árbitro: Luis Flávio de Oliveira

Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Van Gasse

Gols: Willian Arão (FLA), aos 36 min do 1º tempo, Diego, aos 25 min do 2º tempo

Cartões amarelos: Bruno Alves, Ferrugem, M. Pedroso (duas vezes) (FIG), Arão, Diego (FLA)

Cartão vermelho: Marquinhos Pedroso (FIG)

FLAMENGO: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz, Jorge; Willian Arão, Cuellar, Diego, Gabriel (Fernandinho) e Everton (Alan Patrick); Leandro Damião (Vizeu). Técnico: Zé Ricardo

FIGUEIRENSE: Gatito Fernandez, Nirley, Bruno Alves e Werley; Ayrton, Jefferson, Yago (Ferrugem), Bady (Elvis), Marquinhos Pedroso e Marlon (Rafael Silva); Maurides. Técnico: Tuca Guimarães

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos