Jogadores do Atlético-MG adotam discurso positivo e valorizam o 'pontinho'

Enrico Bruno, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Quando os jogadores do Atlético-MG entraram em campo para o clássico com o Cruzeiro, todos já sabiam que Palmeiras e Flamengo venceram na rodada. Os paulistas superaram o Corinthians e os cariocas ganharam do Figueirense, ambos por 2 a 0. Resultados que deixaram a equipe alvinegra bastante pressionada na luta pelo título.

Era preciso vencer o Cruzeiro para manter a diferença de três e dois pontos, para Palmeiras e Flamengo, respectivamente. No fim, o empate em 1 a 1 deixa o Atlético cinco pontos atrás do líder. Portanto, o Atlético não depende mais apenas dos próprios resultados para ser campeão brasileiro em 2016.

Apesar de ter uma rodada a menos em disputa e com a diferença de pontos maior, os jogadores do Atlético valorizaram o 'pontinho' conquistado contra o Cruzeiro, num clássico em que o Atlético foi o visitante. "O resultado é frustrante pela nossa colocação, estamos brigando pelo título e gostaríamos de seguir perto dos líderes. Mas temos de valorizar esse ponto, por se tratar de um clássico e teoricamente fora de casa. Mas é óbvio que fica um gostinho amargo", disse o lateral esquerdo Fábio Santos, que cruzou para o gol de Clayton.

E foi esse o tom adotado por todos os jogadores do Atlético que deram entrevistas na saída do gramado. "É um pouco triste pelo resultado. Creio que merecíamos ganhar, mas ganhamos um ponto como visitante, mesmo jogador em Belo Horizonte. Então não foi tão ruim", opinou o meia Otero, que fez mais um bom jogo com a camisa atleticana.

Com cinco pontos de desvantagem para o Palmeiras, o Atlético precisa de uma campanha praticamente perfeita para ser campeão nacional. Além de superar o Flamengo também, que está com quatro pontos a mais do que o clube mineiro. Apesar de todas as dificuldades, a confiança dos jogadores na busca pelo título segue em alta.

"Para gente não vai mudar. A nossa vontade e foco para buscar o objetivo vão continuar iguais. Sabemos que é difícil, mas vamos buscar diminuir essa pontuação que o Palmeiras abriu na nossa frente", completou o lateral direito Carlos César.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos