Contestado, Lucas ainda tem um ponto a seu favor junto a Mano

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Lucas, lateral direito do Cruzeiro, é constantemente vaiado pela torcida

    Lucas, lateral direito do Cruzeiro, é constantemente vaiado pela torcida

Lucas passou a conviver com as vaias no Cruzeiro. A cada jogo disputado no Mineirão, o lateral direito é questionado pelo público presente. Ele teve que escutar as manifestações contra Botafogo e Atlético-MG. Mas por que o jogador permanece entre os titulares de Mano Menezes? O próprio técnico explica.

O treinador diz que a manutenção do jogador entre os 11 iniciais é uma demonstração de lealdade ao elenco. Ele, contudo, não descarta a possibilidade de o atleta perder a condição de titular nos próximos compromissos, sobretudo após a expulsão no empate com o arquirrival, domingo (18), no Gigante da Pampulha.

"No jogo com o Botafogo, a gente comentou aqui, na entrevista coletiva, sobre o Lucas. E eu pedi ao torcedor que passasse a incentivar o jogador, que vaiar não resolveria. Teve um momento do jogo hoje em que o torcedor passou a gritar o nome dele depois da primeira vaia. Contra o Atlético, para mim, técnico, seria muito mais fácil não deixar o Lucas em campo. O torcedor critica, eu fiz uma alteração em São Paulo, o time melhorou. Mas eu iria contrariar o discurso que tenho com os jogadores em termos de lealdade", afirmou.

"Conversei com o jogador (no domingo) pela manhã e ele disse que estava à disposição. Ele podia completar o jogo durante 90 minutos, mas eu não posso fazer um discurso de confiança e, na primeira situação, abandono. O treinador não pode viver nessa inconstância com os jogadores. Não quer dizer que o Lucas não pode perder a posição para o Ezequiel, mas vai depender do que eles mostrarem. Porque senão posso perder os dois e, se perder os dois, quem eu vou colocar? Não pode ser assim", acrescentou.

Hoje, Mano Menezes tem três opções para a lateral direita do Cruzeiro. Além do titular Lucas, a comissão técnica conta com Ezequiel e Mayke. O último, no entanto, está no departamento médico e o seu retorno deve ocorrer somente nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro.

O lateral direito pertence ao Palmeiras e assinou por empréstimo com o clube mineiro até dezembro. Em troca de sua liberação, os mineiros cederam Fabiano ao líder do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos