Árbitro explica expulsão de Elano e diz que atleta o chamou de folgado

Do UOL, em São Paulo

Elano ficou apenas 18 minutos em campo na derrota do Santos para o Sport na noite deste sábado, porque foi expulso após duas reclamações. Na súmula da partida, o árbitro Elmo Alves Resende Cunha relatou que o jogador da equipe paulista o chamou de folgado depois de pedir uma advertência ao atleta adversário e por isso resolveu mostrar o cartão vermelho.

"Após receber um cartão amarelo por reclamação contra a arbitragem, reclamar de forma acintosa e grosseira, novamente dizendo as seguintes palavras: 'você é muito folgado, folgado demais, tinha que dar amarelo para ele'. Informo-vos que no primeiro cartão amarelo o atleta disse: você tem que dar amarelo para ele, gesticulando com a mão pedindo cartão amarelo para o atleta adversário", escreveu o árbitro.

O lance ocorreu aos 27 minutos do segundo tempo, após Elano sofrer falta no meio-campo. Ele, então, levantou-se para reclamar com o árbitro Elmo Alves Resende Cunha, de Goiás, que marcou a infração.

O juiz mostrou o cartão amarelo e, depois de mais algumas palavras de Elano, tirou o vermelho do bolso. O atleta, que substituiu Vitor Bueno aos nove minutos da etapa final, ainda levou alguns minutos para deixar o gramado da Ilha do Retiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos