Sport vence, se afasta da zona da degola e deixa Santos longe do título

Do UOL, em São Paulo

Na Ilha do Retiro, o Santos perdeu para o Sport por 1 a 0 na noite deste sábado e se afastou da briga pelo título, mas permaneceu no grupo dos quatro primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. O Leão, por outro lado, se afastou da zona de rebaixamento. A partida foi válida pela 27ª rodada da competição nacional.

Com o resultado, a agremiação paulista ficou no quarto posto da tabela de classificação do Brasileirão, com 45 pontos. Apesar disso, está praticamente sem chances de brigar por título, pois ficou a nove pontos do líder Palmeiras. Enquanto isso, o Sport chegou aos 33 pontos e se afastou da zona de rebaixamento, ficando na 13ª colocação.

Na próxima rodada, o Santos recebe o Atlético-PR no próximo sábado, 1º de outubro, às 21 horas (de Brasília), na Vila Belmiro. Na mesma data, o Sport encara o Fluminense às 18h30 (de Brasília), no estádio Edson Passos.

Quem foi bem: Goleiros deixam placar magro

Os goleiros Magrão e Vanderlei foram as estrelas da noite deste sábado. Ambos fizeram boas defesas e foram os responsáveis pelo placar magro de 1 a 0.

Quem foi mal: Elano consegue ser expulso após sofrer falta

Pouco tempo após entrar no lugar de Vitor Bueno, Elano acabou expulso da partida por um vacilo. O meia sofreu uma falta, reclamou com o árbitro e recebeu o cartão amarelo. Ainda não satisfeito, o santista continuou protestando, levou a segunda advertência e, por consequência, o cartão vermelho.

Que vacilo, Braz

O zagueiro David Braz entrou em campo aos seis minutos do início do jogo para substituir o lesionado Gustavo Henrique e não foi bem. O beque santista vacilou diante do atacante Rogério e viu o Sport inaugurar o marcador aos 10 do primeiro tempo.

Não deu para Gustavo Henrique

O zagueiro santista Gustavo Henrique, que tinha conseguido efeito suspensivo para enfrentar o Sport, teve que deixar o gramado da Ilha do Retiro aos seis minutos do primeiro tempo após sentir lesão em uma disputa de bola normal de jogo. David Braz entrou no lugar do beque.

Que chance!

O Sport teve a oportunidade de ampliar aos 23 minutos do primeiro tempo. David Braz fez falta em Diego Souza e o árbitro deu vantagem. Gabriel Xavier, então, avançou até a linha de fundo e cruzou para Everton Felipe, que desperdiçou uma chance incrível.

Pênalti?? Para o árbitro não...

Aos dois minutos da etapa complementar do confronto, Copete cruzou da esquerda, Vitor Bueno finalizou e o goleiro Magrão defendeu. No rebote, Jean Mota chutou e a bola bateu em Ronaldo Alves. Os santistas disseram que a bola tocou na mão do atleta do Sport e reclamaram com o árbitro.

Bruxa solta

No começo do primeiro tempo, o técnico Dorival Júnior teve que mexer no Santos por causa de lesão, o mesmo aconteceu logo no retorno dos vestiários. Aos 9 minutos da etapa final da partida, Vitor Bueno teve que sair para a entrada de Elano, porque sentiu dores na virilha.

FICHA TÉCNICA
SPORT 1 X 0 SANTOS

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data: 24 de setembro de 2016, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Copete (Santos); Matheus Ferraz  e Vinícius Araújo (Sport)
Cartão vermelho: Elano (Santos)
Gol: Sport – Rogério, aos 10 minutos do primeiro tempo

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Rodney Wallace; Rithely, Neto Moura (Paulo Roberto), Diego Souza, Gabriel Xavier (Vinícius Araújo) e Everton Felipe; Rogério (Apodi)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique (David Braz), Luiz Felipe e Zeca; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno (Elano), Copete e Rodrigão (Jean Mota)
Técnico: Dorival Júnior (Lucas Silvestre)
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos