Tropeço contra carioca há duas semanas "força" Cruzeiro a dar troco no Fla

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Yuri Edmundo/Light Press/Cruzeiro

    Derrota em casa foi muito sentida por Mano, que agora quer recuperar pontos perdidos

    Derrota em casa foi muito sentida por Mano, que agora quer recuperar pontos perdidos

Desde que retornou ao Cruzeiro, no final de julho, o técnico Mano Menezes não traçou uma meta de pontos no clube, mas destacou que o primeiro objetivo era fazer os pontos necessários para não cair. Para isso, seria necessário fazer o dever de casa e beliscar alguns pontos fora. Apesar do bom começo, algumas vitórias escaparam, principalmente diante da torcida, e fizeram com que a equipe somasse apenas metade dos 30 pontos com o treinador até o momento. Um desses tropeços aconteceu há duas semanas, contra o Botafogo, que frustrou o Mineirão cheio e triunfou por 2 a 0. E agora é justamente contra outro carioca que o Cruzeiro quer agora recuperar esses pontos perdidos. Caberá aos jogadores tentarem fazer o vice-líder Flamengo pagar o pato no duelo deste domingo, em Cariacica.

"Temos que pontuar nestas próximas rodadas. E temos que descontar os três pontos que deixamos contra o Botafogo. Se não der de uma vez, vamos descontar em parcelas. Tenho falado abertamente sobre isso. O Flamengo é o vice-líder do campeonato. Vem jogando com confiança. Temos que entender que tudo faz parte de coisas positivas se somarmos pontos em Cariacica", comentou o treinador.

Por se tratar de um jogo fora de casa contra o vice-líder do Brasileirão, voltar com um empate para Minas já é considerado de ótimo para o time celeste. Isso não significa, porém, que o clube celeste vai abrir mão de atacar o rival neste domingo em busca da vitória.

"A gente não pode ir a um jogo de futebol pensando que não precisa arriscar. Já mostramos isso em outros jogos. Não tem essa de adversário mais fraco. O Juventude, da Série C, eliminou uma equipe de Série A na Copa do Brasil. Não há jogos fáceis. As oportunidades podem aparecer contra o Flamengo, e temos de aproveitar caso apareçam", acrescentou.

Até o momento, Mano comandou o Cruzeiro em dez partidas desde que sucedeu o português Paulo Bento. Apesar de um bom início, quando chegou a ficar seis jogos sem perder, o Cruzeiro voltou a tropeçar. Nas últimas partidas, perdeu para o Botafogo e São Paulo e somou seu único ponto diante do Atlético, no clássico mineiro. A dois pontos do Z-4, a equipe precisa de pelo menos um empate neste final de semana para não correr riscos de voltar à zona de rebaixamento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos