Com 'estreia' da filha, Fred marca em jogo 600 como jogador profissional

Do UOL, em Belo Horizonte

Foi contra o Internacional, em 2004, como jogador do Cruzeiro, que Fred marcou o primeiro gol na Série A do Campeonato Brasileiro. E foi também contra o Inter que o atacante completou 600 partidas como jogador profissional. Antes do Atlético-MG, Fred também defendeu o América-MG, o Cruzeiro, o Lyon, o Fluminense e a seleção brasileira.

E a noite da partida 600 foi ainda mais especial para o atacante, que levou a filha Júlia, de apenas dois meses, pela primeira vez ao estádio. O camisa 99 entrou com a neném no colo. O gol, aos 14 minutos do primeiro tempo, e o triunfo sobre o Internacional completaram uma noite perfeita para Fred.

"É uma marca importante, foi um dia especial por entrar com minha filha também. Deu muita motivação. Graças a Deus conseguimos uma vitória importante, difícil, contra um adversário sempre traz muita dificuldade, independentemente da situação na tabela".

Algo que Fred faz questão de ressaltar, é a sequência de jogos por grandes clubes. Após ser revelado pelo América-MG, o centroavante só defendeu grandes equipes, além da seleção brasileira, com participação em duas Copas do Mundo. Chegar a 600 jogos e ainda atuando em alto nível é motivo de muita felicidade para Fred.

"Especial, porque atingir uma marca dessas e ainda estar jogando num grande clube é um privilégio. Tive essa felicidade dentro de campo, as coisas deram certo".

Com o gol sobre o Internacional, Fred chegou a oito em 19 jogos pelo Atlético. Como disputou algumas partidas do Brasileirão pelo Fluminense e marcou duas vezes, o centroavante segue na briga pela artilharia da competição. Já são dez gols marcados, atrás apenas dos líderes Robinho, Gabriel Jesus e Sassá.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos