Estamos aqui para jogar futebol, minimiza Cícero após polêmica

Quatro dias depois do confronto marcado por polêmicas, o Fluminense voltou a reclamar da arbitragem em uma partida contra o Corinthians, desta vez, válida pelo Brasileiro, novamente em Itaquera. No entanto, neste domingo (25), graças a um gol de Cícero no último minuto, a equipe carioca venceu o rival paulista por 1 a 0.

Após fazer o gol da vitória, o atleta do clube das Laranjeiras minimizou as reclamações feitas na última quarta-feira e não quis comentar sobre um possível pênalti em cima de Marcos Júnior, na primeira etapa do jogo deste domingo. 

"É um adversário direto pela vaga na Libertadores. A gente está aqui para jogar futebol. Vamos deixar a análise da arbitragem para vocês [jornalistas] ", disse o meia. 

Já o goleiro Júlio César enalteceu o Corinthians, mas voltou a criticar a arbitragem. Para ele, os lances duvidosos sempre acabam sendo favoráveis à equipe alvinegra. 

"Foi um jogo aberto. As duas equipes tiveram oportunidades. O Corinthians buscou o gol e o Fluminense também. Estou muito feliz porque lutamos muito. Infelizmente, só tiveram erros que beneficiaram eles, mas estou feliz pelo resultado", avaliou.

Pênalti em Marcos Júnior?

Os jogadores do time carioca pediram pênalti em Marcos Júnior, que acabou deslocado dentro da área por Marquinhos Gabriel, depois de uma cobrança de escanteio - o atacante estava subindo para cabecear a bola.

Imediatamente, os atletas do Fluminense cercaram o árbitro Anderson Daronco. Na saída de campo, Marcos Júnior foi irônico ao falar do lance. "Você acha que foi? Foi pênalti? Foi pênalti? Eu acho que foi pênalti, mas não vou ficar reclamando, não", disse em entrevista ao Premiere.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos