Inter fecha 'turno da desgraça' com uma vitória e percentual de lanterna

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação/Inter

    Valdivia voltou de lesão mas não foi suficiente para evitar má fase do Inter

    Valdivia voltou de lesão mas não foi suficiente para evitar má fase do Inter

Contra o Atlético-MG, neste domingo, o Internacional encerrará um ciclo no Brasileiro. O espaço de um turno 'de desgraça'. Foram 18 jogos, sendo 12 derrotas, cinco empates e apenas uma vitória, que gera aproveitamento de lanterna. 

Foi na vitória por 2 a 0 contra o Atlético-MG que o Colorado começou a despencar. Depois, vieram 14 partidas sem vitória, interrompidas contra o Santos, o único jogo que o time vermelho venceu desde então no nacional, até rever o Galo, neste domingo. 
 
Em 18 jogos, perdeu 12, empatou 5 e só ganhou um. Um total de 14,8% dos pontos ganhos. Inferior aos 23% que o lanterna América-MG teve em toda disputa até agora. 
 
Neste período, o Inter trocou duas vezes de treinador. Tinha Argel, demitido, teve Falcão, que também acabou caindo, e agora tem Celso Roth, que ao que tudo indica não sofre ameaça mesmo com uma nova fase nefasta da equipe. 
 
Se algo de bom pode ser lembrado daquele confronto com os mineiros, na ocasião o Inter se via dando um passo importante na disputa pelo título. Fez, no Beira-Rio, um dos melhores jogos da temporada e comemorou os três pontos. A fase era outra, bem diferente da atual. 
 
Agora, a partir das 18h30 (horário de Brasília), o Colorado tenta fugir da zona de rebaixamento. E não será fácil, já que o time soma apenas 27 pontos na classificação. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos