Quatro questões sensíveis explicam por que o Cruzeiro sofre no Brasileiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Cruzeiro precisa reencontrar o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro

    Cruzeiro precisa reencontrar o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro

O Cruzeiro vive um momento conturbado nesta edição do Campeonato Brasileiro e precisa modificar alguns aspectos para obter os pontos necessários e evitar o inédito rebaixamento para a Série B.

Na 17ª colocação com 30 pontos conquistados, a equipe comandada por Mano Menezes tenta se afastar da zona da degola o mais rápido possível. Para que isso aconteça, quatro pontos precisam ser melhorados nas 11 rodadas que restam para o término da competição nacional. Confira a lista feita pelo UOL Esporte:

Rendimento em casa

O Cruzeiro é o pior mandante da Série A do Campeonato Brasileiro. A equipe obteve 14 pontos em 13 partidas disputadas em seus domínios. Foram três vitórias, cinco empates e cinco reveses. Nem o América-MG, lanterna competição, obteve números tão inexpressivos em sua casa.

Nas 11 rodadas que restam para o término do torneio, o time de Mano Menezes disputará seis no Mineirão. Caso obtenha melhor aproveitamento no estádio que adotou como casa, a equipe de Belo Horizonte aumentará as chances de escapar da degola.

Aproveitamento das finalizações

O Cruzeiro é um time que cria muitas oportunidades de balançar as redes durante as partidas. A pontaria, no entanto, não é tão calibrada. Em 27 partidas disputadas, os mineiros finalizaram 369 vezes – sendo 140 certas e 229 para fora – e marcaram em 34 oportunidades. A média é de 10,85 chutes para balançar a rede uma vez. Um dos desafios de Mano Menezes é melhorar este aproveitamento.

O Palmeiras, líder do Brasileirão, pode ser utilizado como comparação. O time de Cuca arriscou 379 vezes – 215 erradas e 164 certas – e balançaram as redes adversárias em 47 oportunidades, alcançando o posto de melhor ataque do torneio. A média dos paulistas é de 8,06 finalizações para estufar a meta uma vez.

Posicionamento defensivo

O Cruzeiro tem a terceira pior defesa do Campeonato Brasileiro. Em 27 rodadas, a equipe sofre 41 gols, dois a menos que Santa Cruz e Chapecoense, times que mais vezes tiveram a sua rede vazada na atual edição. O problema na retaguarda tem sido o posicionamento da linha defensiva. O treinador foi o responsável por diagnosticar os erros de seus comandados. Questionado se Bruno Rodrigo foi preponderante para o revés diante do Flamengo, o gaúcho comentou:

"Em relação ao jogo contra o Flamengo é injusto (culpar Bruno Rodrigo pelos gols sofridos). Não é pelo fato de a bola raspar no jogador e entrar na gaveta que você vai apontar como falha. E no segundo gol, se achar algum culpado, certamente não seria ele, pois ele estava no lugar. Tomamos o gol com três jogadores na última linha. É só ver quem não estava. Certamente não era Bruno Rodrigo", declarou.

Segurar melhor o resultado

O Cruzeiro perdeu pontos importantes no Campeonato Brasileiro. Os mineiros deixaram escapar as vitórias em quatro oportunidades. Nos reveses para Flamengo, em Cariacica, e Chapecoense, na Arena Condá, e nos empates com Coritiba e Vitória, ambos em Belo Horizonte, o time abriu o placar, mas não conseguiu se sustentar em vantagem. Nesta reta final, será preponderante segurar o resultado.

Ficha técnica
Cruzeiro x Grêmio

Motivo: 28ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 1º de outubro de 2016 (sábado)
Horário: às 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Cruzeiro
Rafael; Ezequiel, Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Arrascaeta e Rafael Sobis; Ramón Ábila.
Técnico: Mano Menezes.

Grêmio
Bruno Grassi; Wallace Oliveira, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Kaio, Jailson, Ramiro, Douglas e Pedro Rocha; Luan.
Técnico: Renato Gaúcho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos