Novo xodó do Palmeiras ainda luta por renovação para o ano que vem

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Fotoarena

    Jailson possui contrato até o final desta temporada

    Jailson possui contrato até o final desta temporada

De terceiro goleiro a peça fundamental no líder do Campeonato Brasileiro. Desde o final do mês de julho, Jailson viveu sob a expectativa de ganhar, enfim, uma chance no gol do Palmeiras com a lesão de Fernando Prass. Titular no clube conhecido pela 'Academia de Goleiros', o camisa 49 ainda não sabe se vestirá alviverde na próxima temporada.

Jailson possui contrato até o final deste ano e ainda não sentou para conversar sobre uma renovação. Nem as boas atuações na dura missão de substituir Fernando Prass aceleraram o processo de uma nova negociação entre o goleiro e a diretoria.

A evolução de Jailson desde a chegada à Academia de Futebol impressiona comissão técnica e atletas. Reserva do Ceará antes de chegar ao Palmeiras no ano de 2014, o goleiro aparecia como a terceira opção para substituir Fernando Prass, lesionado no fim de julho durante a preparação da seleção para a Rio 2016.

Vagner ganhou a primeira disputa, mas perdeu a posição depois de três partidas disputadas no Brasileiro. Diante do Vitória, no Allianz Parque, Jailson recebeu a chance tão esperada e agradou com pelo menos duas defesas difíceis; a partir de então, cresceu e ganhou confiança.

Desde a 'estreia' diante dos baianos – antes do confronto em agosto deste ano, disputara apenas dois amistosos e um jogo de Copa do Brasil no ano passado -, Jailson soma 11 jogos como titular do gol alviverde e apenas oito gols sofridos neste período.

O desempenho dentro de campo agrega ainda mais importância ao goleiro dentro do grupo. Jailson é um dos atletas mais queridos pelos jogadores e funcionários, que sempre destacam o lado 'boa-praça' do atleta.

Cuca, por exemplo, destinou-se a elogiá-lo separadamente depois do empate sem gols com o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro, jogo no qual Jailson se destacou.

"Jailson tem sido fundamental para nós; ele entrar com 35 anos pela primeira vez numa Série A e render como está rendendo mostra que é uma pessoa iluminada. É um abençoado mesmo. Feliz da gente que pode contar com ele, uma segurança muito grande que tem passado para nós", declarou.

Mesmo reforçado pelos elogios do treinador, Jailson ainda depende de um posicionamento da diretoria para permanecer. Com apenas mais três meses de contrato, o goleiro de 35 anos, inclusive, já pode assinar um pré-contrato com outro clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos