Cinco fatos que fazem o Palmeiras segurar o 'cheirinho' do Flamengo

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)


A 28ª rodada poderia reverter a disputa pelo título do Campeonato Brasileiro. Ameaçado pelo Flamengo, o Palmeiras fecharia a rodada pressionado. No entanto, um tropeço carioca em São Paulo e uma vitória paulistana em Recife tornaram a equipe de Palestra Itália ainda mais líder.

O triunfo por 3 a 2 diante do Santa Cruz, depois de perder por duas vezes a vantagem no marcador, garantiu ao Palmeiras mais uma rodada na liderança. A diferença em relação ao Flamengo, que ficou no 0 a 0 com o São Paulo, cresceu para três pontos.

O resultado comprovou o quanto este Palmeiras atingiu um estágio de maturidade digno de um sério postulante ao título. O clube mistura regularidade e fôlego na reta final para afastar o 'cheirinho' do Flamengo, que perdeu contato após o tropeço desta rodada.

Estes cinco fatores listados pelo UOL Esporte comprovam os motivos pelos quais o Palmeiras ganhou um pequeno conforto em relação à ameaça flamenguista, restando dez rodadas para o fim da Série A.

Invencibilidade

As duas derrotas nos últimos meses vieram na Copa do Brasil. Quando se trata de Campeonato Brasileiro, o Palmeiras assumiu um papel de protagonista. O resultado positivo em Recife aumentou a invencibilidade do elenco comandado por Cuca para 11 partidas – sete vitórias e quatro empates. O último revés ocorreu em julho, diante do Botafogo (3 a 1).

'Casca' de líder

Mesmo quando não atua bem, o Palmeiras soma pontos, o que contribui para a longevidade da equipe na liderança da Série A. O time paulista completou um turno (19 jogos) na primeira colocação; marca significativa para o clube mais regular desta temporada.

Embalo na hora certa

Fora a 'casca' criada por permanecer na primeira colocação, o Palmeiras mostra também fôlego para se sustentar nesta reta final. Diante do Santa Cruz, Cuca e companhia somaram o terceiro triunfo consecutivo no Campeonato Brasileiro: Corinthians (2 a 0, em Itaquera), Coritiba (2 a 1, no Allianz Parque) e agora diante dos pernambucanos (3 a 2).

Visitante indigesto

O Palmeiras se tornou o melhor visitante da Série A com o resultado adquirido em Recife. Em 14 partidas longe da capital paulista, o time alviverde somou 24 pontos, dois a mais do que o Flamengo, segundo colocado no quesito e principal concorrente ao título nacional.

Sem peso com a pressão

A pressão de ser líder não atrapalha o jovem elenco comandado por Cuca. A regularidade do Palmeiras nasceu desde a primeira rodada, quando a goleada por 4 a 0 sobre o Atlético-PR empolgou o torcedor. O time alviverde ganhou o primeiro turno com 36 pontos. No returno, a liderança também é palestrina: 21 pontos após nove partidas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos