Carille ignora pior sequência do Brasileiro: "Tudo dentro do planejado"

Do UOL, em São Paulo

É a pior sequência do Corinthians neste Brasileirão, mas não há motivo algum para desespero. Foi esse o diagnóstico de Fábio Carille após o empate por 0 a 0 contra o Atlético-MG na noite desta quarta-feira, em Itaquera.

O time paulista não vence há seis jogos na competição e não marca um gol há quatro rodadas. A última vez foi no empate por 1 a 1 contra o Coritiba.

"O time fez o que eu gosto, com triangulações e fazer a equipe se aproximar. Tudo o que estamos planejando para os jogos está acontecendo. Temos que trabalhar as finalizações para reverter isso para vitórias", explicou Carille.

"Nos dois jogos contra o Fluminense e hoje criamos bem. Não adianta falar de elenco, porque é com esse grupo que vamos até o fim. Não chega mais ninguém e nem sai. É trabalhar esse grupo, trabalhar o dia a dia e chegar bem para finalizar", explicou.

Com 42 pontos e a 8ª colocação, a equipe se distancia um pouco do G6, que agora tem o Atlético-PR com 45 pontos abrindo o grupo. O Botafogo, que tem 41 pontos, joga no domingo e ainda pode jogar os paulistas mais para baixo.

"Dos cinco jogos que dirigi, o jogo que fomos abaixo foi contra Botafogo (derrota por 2 a 0 no último fim de semana). Precisamos manter o que é feito, melhorar e fazer os gols para que as vitórias venham para o nosso lado".

O Corinthians volta a jogar na quarta-feira que vem, contra o Santa Cruz, na Arena Pantanal. Rodriguinho é outro que mostra tranquilidade com a postura de sua equipe.

"Aos poucos as coisas estão melhorando. A gente teve uma boa postura contra um dos melhores times do Campeonato, mas infelizmente o resultado não veio. Mas temos o objetivo de Libertadores e vamos buscar". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos