Com gol anulado, Corinthians empata com Atlético-MG e se distancia do G-6

Do UOL, em São Paulo

Foi um empate que deixa os dois times frustrados. Corinthians e Atlético-MG não saíram do 0 a 0 na noite desta quarta-feira (5), em Itaquera, e se distanciam um pouco mais de seus objetivos. A equipe paulista jogou bem, teve momentos de domínio no jogo e chegou até a balançar as redes com Gustavo. O juiz anulou o gol por causa de falta duvidosa do atacante em cima de Gabriel. Com pouco mais de 17 mil pessoas, o estádio teve seu pior público da história. 

O resultado faz os corintianos chegarem ao quarto jogo consecutivo sem marcar um gol no Campeonato Brasileiro e ficarem um pouco mais longe do G-6. Com 42 pontos, a equipe foi ultrapassada pelo Grêmio e cai para a 8ª colocação, três pontos abaixo do Atlético-PR, o primeiro time que iria para a Libertadores de 2017.

O Atlético-MG, por sua vez, segue na 3ª colocação, chega aos 53 pontos e pode ver o Palmeiras aumentar a sua vantagem no fim de semana, quando joga contra o América-MG, em Londrina. A equipe paulista tem 57 pontos. O Flamengo, que é o vice-líder, tem 54 pontos e joga contra o Santa Cruz também no domingo.

Na próxima rodada, os corintianos jogam contra o Santa Cruz, na Arena Pantanal, às 21h45 de quarta-feira (12). No dia seguinte, às 19h30, o Atlético-MG faz o clássico local contra o América-MG.

Juiz acaba com a alegria de Gustavo

Gustavo finalmente desencantaria com a camisa corintiana. Ele recebeu cruzamento de Marquinhos Gabriel e chegou antes do zagueiro adversário para abrir o placar. Ele comemorou, correu para a arquibancada e viu até o juiz Rodolpho Toski Marques apontar para o centro. Depois de alguns segundos no entanto, ele mudou de ideia e deu falta do atacante corintiano em cima de Gabriel. Até com o replay da televisão ficou difícil ver a falta.

Walter!

O Corinthians estava melhor, criava boas chances, apesar de abusar dos chutes de fora da área. Nos contra-ataques, no entanto, o Atlético-MG era bem perigoso. Robinho deu passe para Hyuri, que dominou e deu chute forte. Walter fez uma defesa excepcional. Clayton também teve chance e chutou firme, mas viu o substituto de Cássio brilhar novamente.

O que que é isso?

Pouco depois de quase fazer um gol, Hyuri voltou a ficar cara a cara com o goleiro, mas na hora de finalizar.... É tão difícil explicar o resultado da tentativa que nem a torcida entendeu: os corintianos até aplaudiram o rival. Veja você mesmo no vídeo.

Segundo tempo mais calmo

O segundo tempo exigiu bem menos dos goleiros do que o primeiro. A vez que Victor mais trabalhou aconteceu aos 15 minutos do 2º tempo, quando Rodriguinho recebeu bom passe de Gustavo e virou em cima da marcação, mas parou no goleiro. O Atlético-MG ainda teve Leandro Donizete expulso e recuou ainda mais para garantir o ponto. 

Zagueiro que chorou volta a enfrentar o mesmo rival

Pedro Henrique ficou marcado no Corinthians por chorar após errar feio diante do Atlético-MG, em junho, no primeiro turno. Nesta quarta-feira, ele voltou a encarar o mesmo rival por força do destino: Yago se machucou e precisou ser substituído. Desta vez, ele não comprometeu.

Corinthians é freguês do Robinho

Robinho voltou a encarar o Corinthians e deu seu show particular. E o histórico entre jogador e time vai além das pedaladas de 2002, quando ele foi campeão brasileiro pelo Santos. Em dez jogos, já contando com o desta quarta-feira, ele só perdeu uma vez para o time paulista. 

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 0 ATLÉTICO-MG

Data: 05 de outubro de 2016, quarta-feira
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Horário: 21h (de Brasília)
Público: 17.371
Árbitro: Rodolpho Toski Marques - PR (ASP-FIFA)
Assistentes: Bruno Boschilia - PR (FIFA) e Ivan Carlos Bohn - PR (ESP)
Cartões amarelos: Leandro Donizete e Lucas Cândido (ATL-MG)
Cartão vermelho: Leandro Donizete (ATL-MG)

CORINTHIANS: Walter; Léo Príncipe (Lucca), Yago (Pedro Henrique), Balbuena e Arana; Camacho; Rodriguinho, Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel e Marlone (Rildo); Gustavo
Técnico: Fabio Carille

ATLÉTICO-MG: Victor; Carlos César, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Lucas Cândido, Leandro Donizete e Hyuri (Patric); Robinho (Yago), Fred e Clayton (Dátolo).
Técnico: Marcelo Oliveira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos