G-6 deixou Santos x Flu morno, mas ainda vale muito para Dorival

Bernardo Gentile e Samir Carvallho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Santos FC

    Dorival sofre pressão interna no Santos e vê 'sombra' até de Vanderlei Luxemburgo

    Dorival sofre pressão interna no Santos e vê 'sombra' até de Vanderlei Luxemburgo

Após a CBF anunciar que enviará dois times a mais para a Copa Libertadores da América no ano que vem, criando um G-6 no Brasileirão já a partir deste ano, o duelo entre Santos e Fluminense, nesta quarta-feira (5), às 21h (de Brasília), válido pela 29ª rodada da competição, ficou mais morno. Até o anúncio, o jogo tinha 'cara de final', pois os times brigavam diretamente por uma vaga no G4, com diferença de apenas dois pontos na tabela.

No entanto, o duelo não deixa de ser decisivo para um profissional em especial: o técnico Dorival Júnior. Apesar de colocar o Santos na quarta colocação do Brasileiro e nas quartas de final da Copa do Brasil, o treinador sofre pressão interna na Vila Belmiro.

O treinador está 'blindado' pelo presidente Modesto Roma, mas existem dirigentes e conselheiros que pretendem derrubá-lo. Nesta semana, um grupo de conselheiros enviou uma carta a Modesto pedindo a demissão de Dorival e a volta de Vanderlei Luxemburgo.

Há pessoas com acesso ao clube que são próximas de Luxemburgo, fato que gera desconforto na comissão técnica de Dorival. Isso porque alguns profissionais do Santos acreditam que este grupo tenta 'cavar' o retorno do técnico campeão brasileiro de 2004 pelo clube paulista.

Na última segunda-feira, Modesto Roma esteve no CT Rei Pelé para falar com Dorival sobre o assunto.

Dorival está cercado de problemas internos no clube. Na semana passada, ele pediu o afastamento de Marcelo Fernandes, treinador do Santos até a sua chegada e que fazia parte de sua comissão técnica como auxiliar. A diretoria santista atendeu ao pedido e deslocou Fernandes para atuar em um projeto de franquias do clube na China.

Dorival entende que cada jogo para ele é uma decisão no Santos. No ano passado, o treinador viu seu cargo ameaçado ao descobrir que um contato de dirigentes do clube com Vagner Mancini. O treinador também sabe que ele é acusado por conselheiros e até dirigentes de perder a vaga na Libertadores deste ano.

Dorival terá 'criação' reserva contra o Flu

Para o duelo contra o Fluminense, Dorival não contará com Lucas Lima, convocado para a seleção brasileira, e Vitor Bueno, lesionado. Jean Mota e Vecchio são os substitutos. David Braz segue como titular na vaga de Gustavo Henrique, que sofreu lesão ligamentar no joelho esquerdo e só volta em 2017.

Flu ainda vê duelo decisivo e quer fugir da pré-Libertadores

Mesmo com o clima de decisão esvaziado após a decisão da Conmebol de transformar o G4 em G6, o Fluminense ainda vê a partida como importante para o objetivo de se classificar para a Libertadores. Ainda mais por se tratar de um rival da mesma meta.

Por mais que as três últimas vagas garantam presença na primeira fase da competição continental, o Fluminense tem objetivos audaciosos. Lutar com Santos e Atlético-MG pela terceira colocação e, consequentemente, um lugar direto na fase de grupos da Libertadores.

Gum, por exemplo, vai além. Apesar da chance remota, o zagueiro ainda acredita que tanto Fluminense, como Santos, ainda têm chances de título: 1% e 2% respectivamente, segundo os matemáticos.

"Vai ser difícil, um confronto direto. O Santos, assim como o Corinthians e o Grêmio, era candidato a título. Agora, como a gente, briga pela Libertadores. Vamos lá para fazer o melhor. O momento é bom. Queremos continuar nessa fase. Vamos subir mais um degrau e ver se esse 1% de título sobe para, lá na frente, sonhar em algo mais", explicou o zagueiro.

SANTOS X FLUMINENSE

Data e horário: 05/10/2016
Local: Vila Belmiro, em Santos, às 21h (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa e Celso Luiz da Silva (ambos MG)
 
Santos
Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz, Zeca; Thiago Maia, Renato, Jean Mota, Vecchio, Copete; Ricardo Oliveira. 
Técnico: Dorival Júnior. 
 
Fluminense
Júlio César, Wellington Silva, Gum, Henrique e Willian Matheus, Pierre, Douglas, Cícero e Scarpa, Wellington e Marcos Junior.
Técnico: Levir Culpi. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos