Danilo Fernandes pega pênalti, Inter vence Coritiba e sai da zona da degola

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

O Internacional conseguiu deixar a zona de rebaixamento. Nesta quinta-feira (6), derrotou o Coritiba por 1 a 0, em casa, graças ao goleiro Danilo Fernandes. Jogando com o nariz quebrado, defendeu o pênalti de Juan no segundo tempo, quando o jogo ainda estava 0 a 0.

O clube gaúcho ganhou com um pênalti cobrado por Vitinho. A vitória faz o Colorado dormir fora do quarteto final da tabela. Com 33 pontos, o Inter passa o Cruzeiro, que joga no sábado. Já o Coxa está com 36 pontos. 

E foi muito tenso. O Internacional começou bem, mas caiu. No segundo tempo Ernando cometeu pênalti, mas Danilo Fernandes defendeu. Em seguida, Valdívia foi derrubado e Vitinho definiu o resultado para festa dos mais de 35 mil presentes no Beira-Rio. 

Quem foi bem? Danilo Fernandes salva o Inter duas vezes

O goleiro Danilo Fernandes salvou o Inter. Pegou um pênalti cobrado por Juan. Já havia feito uma defesa importantíssima minutos antes. E garantiu o zero no placar.

Quem foi mal? Juan reclama e perde pênalti

O ex-jogador do São Paulo levou cartão amarelo antes dos 10 minutos de jogo. Reclamou de jogadas desnecessárias e acabou sumindo na partida. Quando deveria aparecer, bateu mal um pênalti e Danilo Fernandes defendeu. 
 

Vitinho, de novo, resolveu a partida

Vitinho, depois de muito tempo lesionado, fez o gol da vitória sobre o Figueirense na última rodada. Nesta quinta, assumiu a responsabilidade de cobrar pênalti aos 42 minutos do segundo tempo. Chutou forte, resolveu a partida, e virou peça chave na tentativa de fugir da zona de rebaixamento. 
 

Inter supera nervosismo e tenta tocar a bola

A zona de rebaixamento persegue o Inter. A luta para evitar de disputar a Série B pela primeira vez na história abala o psicológico da equipe jogo após jogo. Mas nesta quarta, aparentemente, não foi o que ocorreu. O Colorado adotou uma postura mais tranquila e trocou passes esperando um espaço na defesa do Coritiba. Tanto que aos 21 minutos, Gustavo Ferrareis recebeu de Seijas e quase marcou. 
 

Coritiba explora velocidade do ataque e chuta de fora

Sem ser um time retrancado, o Coritiba abriu mão da posse de bola. Não tentou utilizar a pressão que sofre o Inter. Tratou de resolver as jogadas sempre com conclusões de fora da área. E quando por ventura conseguiu controlar na intermediária rival, abusou das esticadas para os velozes Iago Dias e Vinícius. 
 

Inter escapa em lance incrível

No começo do segundo tempo, um lance incrível quase acabou em gol do Coritiba. Benítez cruzou, Iago cabeceou e Danilo Fernandes fez bela defesa. No rebote, com o gol aberto, Ceará chutou a bola em cima de outro jogador dos paranaenses e em vez de entrar ela passou por cima do gol. 
 

Celso Roth abre Alex e muda posição de Seijas

Depois de um primeiro tempo sem conseguir entrar no sistema defensivo do Coritiba, Celso Roth inverteu as posições de Alex e Seijas. Foi o venezuelano quem atuou centralizado na etapa final. O mais velho abriu pela direita com Ferrareis indo para esquerda. Durou cinco minutos, não deu certo. E uma nova alteração foi feita voltando tudo ao formato do começo do jogo. 
 

Lance polêmico acaba em pênalti, mas Danilo defende

Aos 32 minutos, um lance polêmico acabou em pênalti para o Coritiba. Na origem da jogada, o jogador do Coxa levou a bola com a mão. Nada foi marcado. Na sequência, Leandro foi derrubado por Ernando na área. Pênalti marcado. Mas Danilo Fernandes defendeu a batida de Juan. 

Agenda

Na próxima rodada o Colorado terá pela frente o Botafogo na próxima quarta-feira, fora de casa. Já o Coritiba pegará o Figueirense, no mesmo dia, no Paraná. 
 
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 0 CORITIBA
 
Data: 06/10/2016 (Quinta-feira)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva e Cristian Passos Sorence
Renda: R$ 453.765,00
Público: 35.156 (total)
Cartões amarelos:  Juan (CTB), Leandro (CTB), Luccas Claro (CTB); Ernando (INT), William (INT); 
Gols: Vitinho, do Inter, aos 42 minutos do segundo tempo;
 
INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; William, Eduardo, Ernando e Ceará; Rodrigo Dourado, Eduardo Henrique, Alex (Valdívia), Seijas (Aylon) e Gustavo Ferrareis (Marquinhos); Vitinho. 
Técnico: Celso Roth
 
CORITIBA
Wilson; Benítez, Nery, Luccas Claro (Bernardo) e Juninho; Iago Dias (Ortega), Juan, João Paulo e Raphael Veiga; Leandro e Vinícius (Gonzáles).
Técnico: Paulo Cezar Carpegiani
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos