Pênalti? Atacante do Inter diz que 'se jogou' em lance de gol da vitória

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

"O William cruzou, eu vi que a bola não ia mais dar para mim. Deixei o corpo e ele (zagueiro) acabou me acertando. E eu se joguei (sic)", assim o atacante Valdívia definiu a jogada que deu ao time vermelho a vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba nesta quinta-feira (6). Sorrindo, o cabeludo aproveitou para dizer que nem pensou em fazer a cobrança. 

Tudo porque contra o São Paulo, ele pegou a bola das mãos de Seijas e se colocou para bater aos 45 do segundo tempo. Mas chutou para fora e viu o time deixar de vencer em casa. Agora, bater nem foi cogitado. 
 
"Nem pedi para bater. No final, não quero mais bater p... nenhuma. Nunca mais", disse. "Hoje fiz minha parte, já tinha cavado o pênalti, deixa o Vitinho brilhar um pouco", completou sorrindo. 
 
O pênalti para o Inter apenas deu mais emoção ao jogo que já era dramático. Há pouco, Danilo Fernandes havia defendido o pênalti cobrado por Juan. O lance ocorreu aos 42 minutos do segundo tempo. Vitinho colocou nas redes e tirou o Inter da zona de rebaixamento. 
 
Agora com 33 pontos, o Colorado passou o Cruzeiro e dorme fora da zona ao menos até sábado, quando os mineiros pegam a Ponte Preta. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos