Cuca descarta 'Jesus-dependência' e pede doação ao Palmeiras em Londrina

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Fotoarena

    'Temos alternativas no grupo que suprem a ausência dele', garante técnico

    'Temos alternativas no grupo que suprem a ausência dele', garante técnico

Para encarar o lanterna América-MG, o líder do Campeonato Brasileiro possui um duro desfalque. Sem poder contar com Gabriel Jesus para o confronto do próximo domingo, às 17h (de Brasília), em Londrina, o técnico Cuca quer se livrar de qualquer 'Jesus dependência', apesar de o aproveitamento do Palmeiras cair sem o camisa 33.

Em entrevista concedida na tarde desta sexta-feira, na Academia de Futebol, o treinador do clube palestrino tratou de valorizar o elenco para diminuir o baque pelo desfalque do principal atacante, que se encontra com a seleção brasileira para o jogo contra a Venezuela, terça-feira, válido pelas eliminatórias para a Copa de 2018.

"Não podemos negar a importância do Gabriel Jesus para nós, mas não temos uma dependência dele hoje. Temos alternativas no grupo que suprem a ausência dele. Mas, claro, que faz falta, ele faz", afirmou Cuca.

O aproveitamento do Palmeiras sem Gabriel Jesus cai no Campeonato Brasileiro. Em oito jogos, a equipe possui um aproveitamento de 50% dos pontos – três vitórias (Vitória, Atlético-PR e Corinthians), três empates (Santos, Chapecoense e Ponte Preta) e duas derrotas (Atlético-MG e Botafogo).

Durante o período olímpico, por exemplo,  a equipe demonstrou um raro momento de irregularidade na Série A: duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Nada, contudo, amarrado à presença ou não de Jesus, pelo menos na visão do técnico Cuca.

"Não foi só a falta do Gabriel Jesus que tivemos naquele momento (de instabilidade), foi o Fernando Prass junto. Hoje temos uma confiança grande no Jailson, e o Gabriel faz falta. Nós buscamos alguém o mais parecido possível para deixar a equipe da maneira como joga com ele", adiantou.

Para diminuir a ausência do principal artilheiro, Cuca fez uma cobrança ao elenco: entregar a mesma disposição do América-MG, que briga contra o rebaixamento à Série B.

"Tmuitos problemas, além de não ter o Gabriel Jesus e o Mina, temos problemas com Leandro Pereira e Alecsandro, que não estavam treinando. (...) É um jogo muito perigoso, complicado, como foi contra o Santa Cruz. Temos que ter uma concentração e uma doação grande para obter o resultado", finalizou o treinador.

O Palmeiras viaja para Londrina amanhã pela manhã e realiza, no período da tarde, o reconhecimento do gramado do Estádio do Café, palco do duelo diante do América-MG, válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos