Palmeirenses exaltam segurança em campo: "Não queremos dar espetáculo"

Do UOL, em São Paulo

"Vão falar que jogamos mal no segundo tempo, mas o momento agora é de não perder. Não queremos dar espetáculo, queremos entrar para vencer".

A frase de Alecsandro é a resposta dos palmeirenses para as críticas sobre o time ter tirado o pé no segundo tempo contra o América-MG, na vitória por 2 a 0 na tarde deste domingo (9), pela 29ª rodada do Brasileirão.

Além do atacante, diversos outros jogadores deram o discurso no mesmo sentido: o importante é vencer, somar três pontos e esperar o fim do Brasileirão para poder celebrar o título.

O outro artilheiro da tarde, o meio-campista Tchê Tchê, reforçou o ponto de vista alviverde.

"Não tem jogo fácil, sabíamos das dificuldades que teríamos. Eles já surpreenderam várias equipes que estavam na ponta da tabela. A gente soube se portar na pressão deles e então estamos muito felizes pela vitória", destacou.

Rafael Marques, por sua vez, revelou até que prefere jogar um clássico a entrar em campo contra equipes ameaçadas pelo rebaixamento, como América-MG e Santa Cruz.

"A gente tem uma situação completamente diferente. Sabemos que é difícil, mas para a gente aqui dentro a gente sabe que é diferente. Prefiro jogar clássico e jogos que estão em cima da tabela do que esses times que estão em situação ruim na tabela".

Moisés, um dos cérebros do líder do campeonato, exalta a segurança que a equipe mostrou após abrir o placar por 1 a 0 logo aos 2 minutos.

"O primeiro tempo estava com um calor muito forte e saímos na frente e controlamos o jogo. Não foi bonito, mas foi inteligente. A gente não tinha necessidade de sair igual louco e esperamos a oportunidade certa para vencer o jogo", resumiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos