Com dois de Guilherme, Corinthians afunda o Santa Cruz e sonha com G6

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians conseguiu quebrar o incômodo tabu que construía no Campeonato Brasileiro. Com dois gols de Guilherme, um de Marlone e outro de Lucca, a equipe paulista venceu o Santa Cruz na 30ª rodada do Campeonato Brasileiro na noite desta quarta-feira (12), na Arena Pantanal, em Cuiabá. Grafite e Keno descontaram para formar o placar de 4 a 2.

A equipe do Parque São Jorge já não vencia há seis jogos e nem mesmo um gol marcava há quatro considerando a tabela do Brasileirão. Além disso, os três pontos permitem que o time volte a sonhar com uma vaga na Libertadores de 2017.

Com 45 pontos, o time encosta no Fluminense, que ocupa a 6ª colocação com o um ponto a mais, mas ainda joga contra o Flamengo nesta quinta-feira para completar a rodada. Já o Santa Cruz começa a se conformar com o rebaixamento e segue como vice-lanterna com 23 pontos, a 11 de sair da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, os corintianos vivem a expectativa de entrar no G6 e entram com a obrigação de vencer o América-MG, às 18h30 de domingo (16) em seu estádio. O Santa Cruz vai até Campinas para enfrentar a Ponte Preta no mesmo dia e horário.

Início de jogo anima torcedor

O primeiro tempo foi marcado por um início completamente aberto, com as duas equipes indo à frente em busca do gol. Logo no primeiro minuto, Marlone saiu cara a cara com o goleiro adversário, mas exagerou na hora de mirar o canto. O Santa Cruz respondeu bem, com chances de Keno e até uma bola na trave de Grafite.

Grafite perdoa uma, duas, mas não três

Experiente, Grafite tem sido o centro das atenções no Santa Cruz. Todas as entrevistas têm o atacante como mira. Durante o jogo, sua equipe o procura bastante também. Grafite perdeu duas boas chances que criou pela boa movimentação, mas parou na trave em uma delas e na mira em outra. Na terceira, ele quase exagerou na força, mas contou com o travessão para abrir o placar após rebote de Walter em chute de Keno.

Guilherme é nota 10 como camisa 9

Escolhido por causa da lesão de Gustavo e por Romero estar na seleção, Guilherme precisava aproveitar a chance para poder ser lembrado novamente. Depois de dar declarações que ficou chateado por ter virado reserva, o atleta recebeu uma chance e mostrou que pode ajudar o Corinthians. Atuando como o falso 9, ele fez o primeiro no jogo aos 37, após belo passe de Marlone.

Depois, logo aos 9 minutos aproveitou outro belo cruzamento, desta vez de Giovanni Augusto, para mostrar que tem recurso até para cabecear. Quase de peixinho, fez o terceiro do Corinthians. Porque o segundo já havia sido marcado aos dois minutos do 2º tempo, com Marlone...

Marlone também não perdoa

Depois de perder uma das melhores chances de abrir o placar logo no primeiro minuto, Marlone voltou a ter outra chance novamente logo após o apito do juiz. Aos dois minutos do 2º tempo, ele recebeu passe de Camacho e, da entrada da área chutou firme e cruzado para fazer o segundo.

Walter mantém pressão em Carille

Fábio Carille seguirá sendo questionado por sua opção de não ter Walter como titular. O técnico já avisou que Cássio retomará a posição quando sair do departamento médico, mas vê o reserva indo muito bem no momento. Nesta quarta-feira, o goleiro voltou a aparecer bem durante todo o jogo, com defesas importantes em jogadas de Keno e Grafite, especialmente.

Carille se fecha e Santa Cruz aproveita

Fábio Carille quis garantir a vitória e começou a promover mudanças na equipe diminuindo um pouco a movimentação de seus meio-campistas. Camacho saiu para a entrada de Willians, que foi vaiado novamente, e Giovanni Augusto foi trocado por Cristian. Minutos após as trocas, Keno aproveitou bola que espirrou de carrinho de Pedro Henrique e diminuiu o placar. O Santa ainda atacou bastante, mas não achou o empate.  Lucca ainda fez o quarto.

Desfalque

Marquinhos Gabriel não poderá enfrentar o América-MG. No jogo que pode ser marcado pelo retorno de Cássio, Vilson, Fagner e Romero, o time perdeu seu meio-campista pelo terceiro amarelo recebido na Arena Pantanal.
 

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ 2 X 4 CORINTHIANS


Data: 12 de outubro de 2016, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Carlos Henrique Alvez de Lima Filho (CBF)
Cartões amarelos: Neris (STA); Marquinhos Gabriel e Willians (COR)
Gols: Grafite, aos 29 minutos do 1º T; Guilherme, aos 37 minutos do 1º tempo; Marlone, aos 2 minutos do 2º tempo; Guilherme, aos 9 minutos do 2º tempo; Keno, aos 35 minutos do 2º tempo; Lucca, aos 46 minutos do 2º tempo

SANTA CRUZ: Edson Kolln; Léo Moura, Danny Morais, Néris e Roberto; Uillian Correia, Jadson (Marion) e João Paulo (Wagner); Arthur, Keno e Grafite (Bruno Moraes)
Técnico: Doriva

CORINTHIANS: Walter, Léo Principe, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Camacho (Willians); Marquinhos Gabriel, Rodriguinho, Giovanni Augusto (Cristian) e Marlone; Guilherme (Lucca)
Técnico: Fábio Carille

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos