Fãs e até apelido: baixa do Atlético-PR, atacante tem coração no Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Preview.com

    André Lima deixou o Grêmio no fim de 2012, mas ainda carrega o clube no coração

    André Lima deixou o Grêmio no fim de 2012, mas ainda carrega o clube no coração

André Lima deixou o Grêmio, mas o Grêmio não deixou André Lima. Mesmo que o centroavante do Atlético-PR tenha saído do Tricolor há quatro anos, suas atitudes e palavras mostram o quanto jogar no clube significou para ele. E o mesmo sentimento é nutrido por boa parte da torcida gremista, que nesta quinta-feira (13) não terá ele como adversário e deve comemorar isso. 

Foram três jogos entre rubro-negros e tricolores até agora no ano. Duas vitórias para os paranaenses e uma para os gaúchos. E nos dois triunfos do time que será visitante às 21h (horário de Brasília), na Arena, gols de André Lima. 
 
Mas que mesmo no momento mais alegre do futebol, o camisa 99 (número que passou a adotar desde sua passagem pelo Grêmio) não comemora contra o clube gaúcho. Apenas ergue as mãos para o céu, agradece e, respeitosamente, baixa a cabeça. No último gol, o da vitória por 1 a 0 na Copa do Brasil que terminou com desclassificação atleticana nos pênaltis, ainda cumprimentou o goleiro Marcelo Grohe, que havia falhado no lance, reconhecendo a qualidade do rival como se quisesse dizer: "isso acontece". 
 
André carrega até hoje o apelido dos tempos de Grêmio. Se entitula 'Guerreiro Imortal'. E sobre tal alcunha disputou 112 jogos vestindo azul, branco e preto. Marcando 38 gols. É dele, ainda, o primeiro gol da história da Arena do Grêmio, no amistoso contra o Hamburgo. Balançou as redes em conclusão de cabeça e na comemoração que imitou a dancinha do goleiro Kidiaba, do Mazembe, para tirar onda do Internacional. 
 
A idolatria da torcida, mais forte em alguns casos como um menino que fez cinco tatuagens e mudou de cidade para venerar o comandante de ataque, se deve ao empenho. Os gremistas apreciam muito mais do que a técnica tão somente, mas a entrega, a garra, o ímpeto pela vitória. 
 
Mas o tempo passou e André foi embora. Depois do Grêmio, passou pelo futebol chinês, pelo Vitória, Coritiba, Avaí e agora Atlético-PR. Mais de uma vez se ofereceu para voltar. Disse publicamente que seu coração estava no clube de Porto Alegre. Mas não foi atendido, gerando reclamações dos aficionados junto à direção em mais de uma oportunidade. 
 
Nesta quinta, uma lesão no joelho o impedirá de estar em campo. Grêmio e Atlético-PR jogam em confronto direto por vaga no grupo de classificação da Libertadores. Dois pontos separam ambos na classificação. 
 
FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X ATLÉTICO-PR
Data e hora: 13/10/20116 (Quinta-feira), às 21h (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: Sportv e PPV
Árbitro: Pericles Bassols Cortez (PE)
Auxiliares: Clovis Amaral da Silva e Cleberson Nascimento Leite (ambos do PE)
GRÊMIO: Bruno Grassi; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Maicon, Walace, Ramiro, Douglas e Luan; Everton. 
Técnico: Renato Gaúcho
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Marcão; Otávio e Matheus Rossetto; Hernani, Lucho González e Marcos Guilherme; Pablo.
Técnico: Paulo Autuori
 
Quer receber notícias do Grêmio de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.
 
Quer receber notícias do Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos