Antes, durante e depois! Como o Fla-Flu virou o clássico mais confuso do BR

Bernardo Gentile e Vinicius Castro

Do UOL, em Volta Redonda

Se Flamengo e Fluminense viviam em perfeita harmonia nos bastidores, a relação ficou bastante abalada após o confuso clássico entre as equipes. No campo, o Rubro-negro levou a melhor e venceu por 2 a 1, na última quinta-feira (13), em Volta Redonda. A realidade, porém, é que o jogo começou uma semana antes do apito inicial e ainda não tem data para acabar.

Do local e data da partida à insatisfação com a arbitragem e pedido de anulação do jogo pelo Fluminense. O UOL Esporte listou os cinco motivos que tornaram o Fla-Flu o clássico mais confuso do Brasil.

- Diretorias brigam para definir local e data do clássico

Alexandre Vidal/Fla Imagem e Nelson Perez/Fluminense FC
Flamengo e Fluminense tinham um acordo para ambos os clássicos do Brasileiro ocorrerem fora do Rio de Janeiro. Porém, o Rubro-negro indicou o duelo para quinta-feira, quando teria o retorno dos jogadores convocados por seleções. A atitude incomodou o Tricolor, que deu o troco. Chegou a um acordo com o Botafogo para jogar na Ilha do Governador com 90% do público.

O problema é que o Alvinegro roeu a corda e desistiu, deixando o Fluminense sem tempo para definir um novo local. A CBF entrou na polêmica para dar um fim na confusão e definiu a partida em Volta Redonda.

- Flu recua e cede metade do público para o Fla

Vinicius Castro/UOL
O Fluminense não só não conseguiu mudar a data do clássico, como recuou na decisão de ter maioria dos torcedores. Essa situação havia sido amplamente comemorada pelos tricolores nas redes sociais. Porém, o clube das Laranjeiras mudou de ideia e decidiu usar a torcida rival para não ter prejuízo grande em Volta Redonda. A mudança de posição gerou fortes críticas à diretoria.

- Ação de marketing gera pancadaria entre torcedores no gramado

Durante o intervalo do jogo, os departamentos de marketing de Flamengo e Fluminense trouxeram sócios-torcedores para o campo do Raulino de Oliveira para uma disputa de pênaltis. Ao converter a cobrança, um rubro-negro se dirigiu à torcida rival e fez um gesto de silêncio. O tricolor não gostou e empurrou o adversário. Foi o suficiente para uma pancadaria ser presenciada por todos os torcedores nas arquibancadas. Os dois foram detidos pela PM e liberados bem depois do apito final.

- Em campo, Fla leva melhor e diminui diferença para o Palmeiras

Gilvan de Souza/Flamengo
Fora as polêmicas, o Flamengo tem muito a comemorar. O time mostrou futebol convincente e venceu o Fluminense por 2 a 1. O resultado foi excelente. Melhor ainda pelo fato de o Palmeiras ter tropeçado em casa diante do Cruzeiro. A diferença que era de três pontos caiu para apenas um - 61 contra 60.

- Arbitragem polêmica faz Flu pedir anulação da partida

A polêmica arbitragem de Sandro Meira Ricci fez com que o clássico não acabasse no apito final. Isso porque o Fluminense está revoltado com a anulação de um gol [irregular] com suposto uso de interferência externa. O Flamengo vencia por 2 a 1 quando o Tricolor empatou com Henrique em impedimento. O auxiliar anulou o lance, mas voltou atrás após conversar com Ricci.

Alguns minutos depois, todos os jogadores do banco do Flamengo correram em direção do auxiliar, o que sugeriu uma interferência externa. O Fluminense, inclusive, revelou que a própria arbitragem confessou aos jogadores que havia se baseado em uma imagem da televisão para voltar a anular o lance.

O uso da TV está em debate, mas ainda não consta na regra da competição. E é exatamente por esse motivo que o Fluminense acredita que o clássico deva ser anulado. O presidente Peter Siemsen afirmou que acionará a justiça desportiva e gerou reação do mandatário do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello: "Isso é ridículo". O clássico ainda não acabou.

Quer receber notícias de Flamengo e Fluminense de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos