Fluminense recua e definirá se tentará anulação de clássico na segunda

Bernardo Gentile e Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

A iniciativa de buscar a anulação do clássico contra o Flamengo não deve ter sequência no Fluminense. A afirmação foi do presidente tricolor Peter Siemsen, durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (13), um dia depois da derrota por 2 a 1 para o principal rival. O dirigente, mais calmo, disse que está coletando dados e analisará se seguirá ou não em frente. Segundo ele, a decisão sairá na próxima segunda-feira.

"O Fluminense está coletando todos os comentários e analisando o que fará. Certamente contra o juiz vamos atuar com rigor. Avaliamos para saber se realmente cabe discutir algum tipo de validade do clássico. De qualquer maneira, vamos agir contra o juiz porque ele fez uma lambança gigante e atrapalhou o Fluminense. Aquela súmula só depõe contra o próprio árbitro", afirmou o presidente do Fluminense.

"Possibilidade sempre tem [tentar anulação da partida]. Estava muito no calor do jogo e revoltado. Sou torcedor antes de mais nada. Não passo por um momento ideal na vida particular por um acaso. Não pude ir no jogo, uma pena. Acredito muito na vaga e queria estar junto. Já estava emocionalmente machucado de não poder ir. Minha mulher no hospital e eu em casa com meu filho, um dia muito difícil. Estava muito chateado e analisando com cabeça tranquila, ainda não sei. Pode ser que sim, mas ainda não sabemos. A decisão sobre isso será dada na segunda-feira Não queremos macular campeonato nenhum. Pelo contrário", completou Peter Siemsen.

A irritação com Sandro Meira Ricci, porém, não mudou nada com o passar das horas. Segundo o presidente Peter Siemsen, o árbitro deveria ser banido do futebol apos cometer "a maior lambança do futebol brasileiro.

"Em vez de correr por centro corre para lateral, onde ficou por 13min. Fazer o que? O que ele queria ali? Nunca vi isso na minha vida. Mostra total incompetência do arbítrio. Se sou responsável, esse juiz estava fora dos quadros. Não tem menor condição de apitar. A maior lambança que já vi em termos de juiz brasileiro", finalizou.

Arbitragem anula gol do Fluminense e gera confusão

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos