Defesa do Cruzeiro tem melhor sequência de 2016, mas Mano pode mudá-la

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Manoel pode retornar à defesa do Cruzeiro diante da Chapecoense

    Manoel pode retornar à defesa do Cruzeiro diante da Chapecoense

Três jogos consecutivos sem ter as suas redes balançadas. O Cruzeiro alcançou este feito pela primeira vez no ano nos triunfos sobre Grêmio e Ponte Preta e empate com o Palmeiras. O bom momento defensivo ocorreu justamente no período em que Léo e Bruno Rodrigo foram escalados na zaga. No entanto, pode haver uma mudança diante da Chapecoense.

Após cumprir suspensão de quatro partidas, imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Manoel está à disposição da comissão técnica. A volta do jogador à equipe, contudo, é reavaliada pelo comandante.

Antes mesmo de cogitar o retorno do zagueiro à escalação, o gaúcho enalteceu o bom momento da retaguarda: "É o terceiro jogo sem sofrer gols. Isso não acontecia há muito tempo, trabalhamos bem, contra um adversário difícil que é o líder do Campeonato Brasileiro", afirmou.

O recorde até o momento era de dois jogos com a defesa intacta. Os triunfos sobre Atlético-MG e Guarani-MG, pela primeira fase do Campeonato Mineiro. Posteriormente, a equipe igualou este feito, ao empatar sem gols com América-MG, pela semifinal do Estadual, e Campinense, pela Copa do Brasil. Todos os confrontos foram sob a batuta de Deivid.

Embora tenha alcançado uma marca inédita, Mano Menezes reconhece que há dúvidas na escalação:

"Vou definir ainda (quem será titular na zaga), porque não falei com os jogadores ainda. Quando falar com os jogadores, aí sim passo para vocês (imprensa). Eles são as pessoas mais importantes nesse processo. Vou tentar ser coerente dentro desse assunto", declarou.

Sobre uma possível mudança, ele garante também que o importante é a manutenção do conjunto.

"Primeiro é mostrar que você está titular, não é titular. Não há um contrato que te assegura isso. E o maior respeito que um atleta precisa ter é que, quando é titular, ele aceita as regras, quando ele não é, precisa respeitar as regras. É o respeito que você precisa ter com o colega que disputa posição: Manoel, Léo, Bruno, Fabrício", afirmou.

"Você vê que hoje o posicionamento é outro, o espírito é outro. Independentemente de ser Manoel, Bruno ou Léo, quem entrar, vai dar conta do recado", acrescentou.

Ficha técnica
Cruzeiro x Chapecoense

Motivo: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 15 de outubro de 2016 (domingo)
Horário: às 17h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP/Fifa)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Herman Brumel Vani (SP)

Cruzeiro
Rafael; Lucas, Leo (Manoel), Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Lucas Romero, Robinho e Rafinha; Rafael Sobis e Ramón Ábila.
Técnico: Mano Menezes.

Chapecoense
Danilo; Gimenez, Thiego, Neto e Dener; Sérgio Manoel, Matheus Biteco, Cléber Santana e Alan Ruschel; Ananias e Kempes.
Técnico: Caio Júnior.

Quer receber notícias da Chapecoense e do Cruzeiro de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos