Santos só empata com reservas do Grêmio e perde chance de entrar no G-3

Do UOL, em São Paulo

Poderia ter sido pior, mas o Santos só empatou em 1 a 1 com o Grêmio neste domingo, em plena Vila Belmiro e contra um time formado por reservas. A partida foi válida pela 31ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro e os gols foram marcados por Everton, aos nove, e pelo estreante Fabián Noguera, aos 20 minutos do primeiro tempo.

No entanto, o Peixe deixou escapar a chance de aproveitar a derrota do Atlético-MG e subir ao G-3, grupo que dá vaga direta na Copa Libertadores do ano que vem. O empate deixa a equipe na quarta posição a apenas um ponto do Galo e nove do líder do Palmeiras. O Tricolor, por sua vez, ainda sonha com vaga no G-6, mas divide suas atenções com a Copa do Brasil.

O Grêmio enfrentará o Palmeiras na quarta-feira pelo torneio de mata-mata, mas volta a entrar em campo pelo Brasileirão no domingo, quando recebe o rival Internacional às 17 horas (de Brasília). No mesmo dia, às 19h30, o Santos visita a Chapecoense na Arena Condá.

Começou bem

Fabián Noguera já havia atuado com a camisa do Santos e até marcado, mas esse domingo lhe reservou sua estreia como titular. E que estreia! Em plena Vila Belmiro, o zagueiro – que deslocou David Braz para o lado direito do setor – aproveitou escanteio bem cobrado por Lucas Lima e tocou de cabeça para o fundo da rede aos 20. A bola ainda tocou na trave esquerda de Grassi e por pouco não resvalou no impedido Copete, mas garantiu o empate do Santos sem imprevistos.

Cadê os titulares?

O Grêmio surpreendeu os presentes na Vila Belmiro tão logo foi divulgada a sua escalação, que só tinha reservas. O técnico Renato Gaúcho teve a intenção de poupar os titulares para o duelo de quarta-feira contra o Palmeiras, pelas quartas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida, o Tricolor venceu em casa por 2 a 1 e precisa de um resultado simples no Allianz Parque. Contra o Santos, a estratégia deu resultado: Everton girou sobre Thiago Maia aos nove minutos e abriu o placar para os visitantes.

Não apitou

Apesar do susto inicial, o Santos dominava a posse da bola diante dos reservas gremistas. Porém, o Peixe reclamou bastante na marca dos 15 minutos do primeiro tempo, quando Victor Ferraz acionou Ricardo Oliveira e viu o atacante cair em disputa com Rafael Thyere. O árbitro Pablo dos Santos Alves, no entanto, não viu qualquer irregularidade no lance.

Perdeu

Quando Lucas Lima encontrou Victor Ferraz pela direita no primeiro tempo a torcida do Santos se levantou. O lateral foi até a linha de fundo e cruzou para a pequena área em busca de Copete, mas o colombiano furou na tentativa de conclusão. No rebote, Zeca arriscou de fora da área e por pouco não complicou a vida de Grassi. Do outro lado, aos 38 minutos do segundo tempo, Everton arrancou livre e tentou uma cavadinha diante de Vanderlei. A bola até passou pelo goleiro e voltou aos pés do atacante, que dessa vez chutou na trave com o gol aberto à sua frente.

Grêmio agressivo

O árbitro paraibano foi obrigado a distribuir cartões amarelos para o time do Grêmio: foram seis só para a equipe de Porto Alegre. O exemplo mais evidente da impulsividade gremista é o meia Maicon, que havia acabado de entrar em campo no lugar de Kaio, aos 30, quando foi amarelado dois minutos depois por impedir a passagem da bola com a mão.

Parabéns, Zeca!

O lateral santista completou 100 partidas com a camisa do Peixe neste domingo e recebeu placa comemorativa assinada por Modesto Roma Júnior, presidente do clube.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 x 1 GRÊMIO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP) 
Data e hora: 16/10/2016, domingo, às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Auxiliares: Oberto Santos da Silva e Tomaz Diniz de Araujo (ambos da PB)
Cartões amarelos: Lucas Lima (Santos); Lincoln, Guilherme Amorim, Bruno Grassi, Kannemann, Maicon, Rafael Thyere (Grêmio)
Gols: Fabián Noguera, aos 20 minutos do primeiro tempo (Santos); Everton, aos 9 minutos do primeiro tempo (Grêmio)

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Fabián Noguera, David Braz (Yuri) e Zeca; Renato, Thiago Maia (Paulinho), Jean Mota (Vitor Bueno) e Lucas Lima; Copete e Ricardo Oliveira
Técnico: Dorival Júnior

GRÊMIO: Bruno Grassi; Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Fred (Kannemann) e Iago; Guilherme Amorim, Jailson, Kaio (Maicon) e Lincoln; Guilherme (Miller Bolaños) e Everton
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos