Rafael defende pênalti, Cruzeiro vence Vitória e se afasta da degola

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

O Cruzeiro venceu o Vitória, na tarde deste domingo (23), por 1 a 0, em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Barradão, em Salvador, e se afastou da zona de rebaixamento. O gol dos mineiros foi assinalado pelo argentino Ariel Cabral, ainda no primeiro tempo do confronto.

Com o resultado, o time de Mano Menezes permanece na 13ª colocação do torneio nacional, com 41 pontos, seis a mais que o adversário deste fim de semana, 17º (primeiro da zona da degola). O time jogou com um a menos desde os 10 minutos da etapa complementar.

O melhor: Rafael pega pênalti e salva o Cruzeiro no Barradão

O goleiro do Cruzeiro fez defesas espetaculares e, inclusive, pegou um pênalti cobrado por Sherman Cárdenas. O substituto de Fábio foi o responsável por garantir a vitória dos mineiros no estádio Barradão, em Salvador. Rafael foi disparado o nome da partida.

Os piores: Léo, do Cruzeiro, é expulso e Serginho, do Vitória, decepciona

Pelo lado do Cruzeiro, o pior foi Léo. O zagueiro recebeu um amarelo ao colocar a mão na bola e, na volta do intervalo, cometeu falta em Kieza e foi punido com cartão vermelho. A expulsão do jogador exigiu que o visitante se limitasse à defesa. No time da casa, Serginho foi quem decepcionou. Escalado no ataque, o jogador teve dificuldades para se desvencilhar da marcação de Denílson e acabou substituído por Argel Fucks no intervalo. O escolhido para a sua vaga foi Sherman Cárdenas.

Mudanças atrapalham entrosamento do Cruzeiro

O Cruzeiro entrou com sete jogadores que podem ser considerados reservas na partida deste domingo. Somente Rafael, Ezequiel, Léo e Giorgian De Arrascaeta permaneceram entre os titulares. As mudanças realizadas pela comissão técnica acarretaram na perda do entrosamento e, consequentemente, em muitos erros na transição da defesa para o ataque. Quando os homens de frente tiveram a bola, as falhas nas finalizações foram marcantes.

Arrascaeta é o lampejo de criatividade do Cruzeiro

Reserva desde o jogo contra o Flamengo, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, Arrascaeta permaneceu longe do time titular por cinco partidas. O seu retorno aconteceu justamente no jogo diante do Vitória. E o uruguaio foi o principal nome da equipe comandada por Sidnei Lobo. Livre no meio de campo, o camisa 10 criou as melhores oportunidades, inclusive o gol assinalado por Ariel Cabral.

10º ataque do Brasileiro, Cruzeiro desencanta após dois jogos

O Cruzeiro voltou a balançar a rede adversária após duas partidas de jejum. Os comandados de Mano Menezes passaram em branco diante de Palmeiras e Chapecoense – empatou ambos os jogos por 0 a 0 – e só voltaram a marcar neste domingo, diante do Vitória. Ariel Cabral marcou de cabeça no confronto. Este foi o 38º gol dos mineiros na atual edição do Campeonato Brasileiro.

Ariel Cabral encerra jejum de sete meses sem marcar pelo Cruzeiro

Substituto de Lucas Romero, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Ariel Cabral voltou a balançar a rede após sete meses de jejum. O volante aproveitou escanteio cobrado por Giorgian De Arrascaeta e estufou a rede de Fernando Miguel de cabeça. O último gol do argentino ocorreu em 15 de março. O atleta ficou em jejum de 30 partidas sem estufar as metas adversárias.

Vitória abusa do chuveirinho na área do Cruzeiro

O jogo do Vitória foi feito pelo lado esquerdo. O lateral Euller e o meia-atacante David criaram as melhores oportunidades por este flanco. Contudo, isto não foi o suficiente para o time mandante. Em uma das chances, Kieza exigiu ótima defesa de Rafael. No outro lance, Zé Love mandou a bola para fora.

Ficha técnica
Vitória x Cruzeiro

Motivo: 32ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 23 de outubro de 2016 (domingo)
Horário: às 17h (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Cartão amarelo: Zé Love, Zé Welison (Vitória); Léo, Manoel (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Léo (Cruzeiro)

Gol: Ariel Cabral – 39'/1ºT (0-1)

Vitória
Fernando Miguel, Diogo Mateus (Vander), Victor Ramos, Ramon e Euller; Willian Farias, Zé Welison e Serginho (Sherman Cárdenas); David (Alípio), Kieza e Zé Love. 
Técnico: Argel Fucks.

Cruzeiro
Rafael; Ezequiel, Manoel, Léo e Bryan (Edimar); Denílson, Ariel Cabral e Bruno Ramires (Robinho); Giorgian De Arrascaeta (Bruno Rodrigo), Alisson e Willian.
Técnico: Sidnei Lobo (auxiliar técnico)
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos