Levir admite que time foi beneficiado, mas diz que Flu é mais prejudicado

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Fluminense empatou por 2 a 2 com o Vitória na volta ao Maracanã. O resultado foi ruim e poderia ter sido pior. Isso porque o Tricolor foi beneficiado pela arbitragem nesta sexta-feira. O primeiro gol dos donos da casa foi marcado em cobrança de pênalti. O problema é que a falta ocorreu fora de grande área. Por outro lado, Victor Ramos deveria ter sido advertido com o segundo cartão amarelo e, consequentemente, o vermelho.

"Me falaram que a falta foi fora da área. Eu ainda não vi. Me parece que foi um erro de arbitragem. Se colocarmos os erros que prejudicaram o Fluminense, teríamos mais pontos do que temos hoje", disse o treinador Levir Culpi.

Recentemente, o Fluminense reclamou bastante da arbitragem. Na Copa do Brasil, diante do Corinthians, o Tricolor detonou a arbitragem. Foram três gols (bem) anulados, reclamação de pênaltis em Cícero e Richarlison, além da expulsão de Marquinho e um impedimento mal marcado de Marcos Júnior.

A revolta voltou a ocorrer diante do Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro. Na oportunidade, o Fluminense marcou gol de empate e viu a arbitragem anular o lance. Após pressão dos tricolores, o trio refugou e validou o lance. Em seguida, a polêmica. Uma suposta interferência externa fez com que o gol voltasse a ser invalidado.

Com o resultado o Fluminense chega aos 48 pontos e se complica na briga por uma vaga na Libertadores. Isso porque os rivais direto ainda entrarão em campo neste sábado. O Tricolor volta a campo no dia 6, quando visitará o Cruzeiro, em Belo Horizonte.

Quer receber notícias do Fluminense de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos