Não é à toa. Inter tem motivo para se preocupar contra o lanterna

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Rimoli/AGIF

    Inter venceu quatro dos 11 jogos que fez contra times da ponta debaixo da tabela

    Inter venceu quatro dos 11 jogos que fez contra times da ponta debaixo da tabela

Aquele discurso de jogo difícil, partida igual e concentração recheou a preparação do Internacional para a 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. E mesmo sendo contra o Santa Cruz, atual lanterna, a postura do Colorado faz sentido. Até agora, o time gaúcho já perdeu cinco vezes para times que estão na ponta debaixo da tabela.

No primeiro turno, perdeu para o próprio Santa Cruz, Figueirense e Vitória fora de casa. No Beira-Rio, levou 3 a 2 do Botafogo – que à época flertava com o rebaixamento.

No segundo turno, o time gaúcho perdeu em casa para o Vitória e pior: foi derrotado pelo América-MG, então lanterna do campeonato.

"A gente vem em uma crescente, com bons resultados, mas é preciso foco. Mesmo lá em baixo, vai ser difícil. Esses jogos nos complicam muito e é preciso atenção", disse o volante Rodrigo Dourado.

Juntando os dois turnos, o Inter venceu apenas quatro dos 11 jogos que fez contra os seis adversários diretos na luta contra o rebaixamento. E dois dos triunfos ocorreram recentemente, contra Figueirense e Coritiba.

"O Santa Cruz tem seu jeito de jogar, está passando por dificuldades e trocou treinador. Deve ter um interino, mas não vai mudar a maneira de jogar. Esperamos uma equipe com qualidade, está em desequilíbrio técnico e ainda à procura de bom jogo e melhor formação. Sabemos que teremos dificuldades. Mas nós temos a nossa maneira de jogar e vamos lá", disse Celso Roth.

O cálculo do Inter para espantar o fantasma da Série B envolvia seis vitórias como mandante. Até aqui, desde que adotou a conta, o time conseguiu 100% no Beira-Rio. Vencer o Santa Cruz mantém a fórmula em dia.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X SANTA CRUZ

Data e hora: 29/10/2016 (sábado), às 18h30min (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho (Fifa/GO) e Fabiano Ramires (ES)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Ceará, Paulão, Ernando e Geferson; Fabinho, Eduardo Henrique, William, Alex e Eduardo Sasha (Anderson); Vitinho
Técnico: Celso Roth

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Vítor, Neris, Luan Peres e Roberto; Jadson, Derley, João Paulo e Léo Moura; Keno e Grafite
Técnico: Adriano Teixeira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos