Mesmo sete pontos atrás do líder, jogadores do Atlético-MG ainda acreditam

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Restam 15 pontos em disputa e o Palmeiras tem sete a mais do que o Atlético-MG. Diferença que poderia ser de apenas cinco pontos, não fosse gol marcado pelo Flamengo aos 44 minutos do segundo tempo. Apesar da frustração pelo empate, diante de quase 50 mil torcedores, os jogadores atleticanos seguem acreditando. É difícil, mas como ainda é possível, a conversa no vestiário alvinegro foi sobre manter o objetivo de ser campeão brasileiro.

"Tenho que certeza que ainda é possível ser bem-sucedido. Encaramos esse jogo com o Flamengo como uma final. E quando a gente empatou jogo, dentro de campo falos entre nós que era preciso virar o jogo, pois o empate não nos interessava. Mas infelizmente saiu aquele gol, um balde de água fria, que nos tirou dois pontos", disse o atacante Fred, mas reconhecendo que está cada vez mais complicado encostar no Palmeiras.

"Vamos ver o que vai acontecer, não dá para falar muito. É lógico que a cada rodada que passa e a gente não soma os três pontos, fica um pouco mais difícil".

Em termos de posição, a rodada 33 não foi nada boa para o Atlético, que acabou perdendo o terceiro lugar para o Santos. No entanto, a equipe paulista só passou o time mineiro por vencer o Palmeiras. O que para o volante Júnior não foi ruim. Na saída do vestiário, o camisa 21 confidenciou que os jogadores atleticanos torceriam pelo Santos, mesmo que isso custasse uma posição na tabela, como aconteceu.

"Ali no vestiário nós conversamos rapidamente sobre isso. Mesmo que a gente perca uma posição, seria bom que o Palmeiras perdesse. A gente diminuiria um ponto e continuaria lutando pelo Brasileiro", disse Júnior Urso, enxergando o lado positivo da rodada, já que o Atlético viu a diferença para o Palmeiras cair em um ponto, apesar do empate em casa.

Mas o assunto Brasileirão vai ter uma pausa na Cidade do Galo. Até a noite de quarta-feira, o único assunto vai ser a semifinal da Copa do Brasil, contra o Internacional. Como venceu o primeiro jogo, em Porto Alegre, por 2 a 1, o Atlético pode perder até por 1 a 0 que vai garantir sua vaga na final. Portanto, conversas sobre o Brasileirão e o Coritiba, adversário da 34ª rodada, somente a partir da noite de quarta-feira.

"Até o meia da semana é a Copa do Brasil. Acabando o jogo com o Inter, a gente volta a pensar no Brasileiro. É pensar um jogo de cada vez", disse o goleiro Victor.

Quer receber notícias do Atlético-MG de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos